Aguarde...
Jean-Paul Sartre

Filósofo, escritor e crítico francês, Jean-Paul Sartre é conhecido como representante do existencialismo. Nascido em Paris no ano de 1905, levava a ideia de que os intelectuais têm de desempenhar um papel ativo na sociedade. Artista militante, ele apoiou causas políticas de esquerda na vida e nas obras e recusou-se a receber o Nobel de Literatura de 1964. Sartre afirmava e defendia que o homem é responsável e livre por tudo que está à sua volta. Dizia que somos inteiramente responsáveis por nosso passado, nosso presente e nosso futuro. "O homem está condenado a ser livre", escreveu. Sartre faleceu em 1980, em Paris. Veja as principais obras de Jean-Paul Sartre: Le Diable et le Bon Dieu (O Diabo e o Bom Deus), Teatro – 1951 Orphée Noir (Orfeu Negro), Teatro – 1948 L'engrenage (A Engrenagem), Teatro – 1948 Les Mains Sales (As Mãos Sujas), Teatro – 1948 Situations, Vários Volumes Que Reúnem Ensaios Políticos Literários e Filosóficos – 1947 A 1965 Les Jeux Sont Faits (Os Dados estão Lançados), Romance – 1947 Baudelaire - 1947 Qu'est ce Que La Littérature? (O que é a Literatura?), Ensaio – 1947 La Putain Respectueuse (A Prostituta Respeitosa), Teatro – 1946 L'Existentialisme est un Humanisme (O Existencialismo é um Humanismo), Transcrição de uma conferência proferida em 1946 – Texto posteriormente rejeitado por Sartre. Morts sans Sépulture (Mortos sem Sepultura), Teatro – 1946

Obras mais recentes:

Se você gostou de Jean-Paul Sartre, talvez você goste também de...

ROLAR PARA O TOPO