Aguarde...
Ruy Castro

Ruy Castro nasceu em 27 de fevereiro de 1948 em Caratinga, Minas Gerais. Jornalista, conhecido principalmente como biógrafo, reconstituiu histórias de personagens e ídolos brasileiros como Garrincha, Carmen Miranda e o escritor Nelson Rodrigues. Como biógrafo também contou em livros a história da Bossa Nova e do Bairro de Ipanema, do Rio de Janeiro. Como tradutor, transpôs clássicos da literatura estrangeira como Frankstein, de Mary Shelley e Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll. Como jornalista, Ruy Castro teve passagens pelos principais veículos de comunicação do país: O Pasquim, Jornal do Brasil, Folha de São Paulo, Veja São Paulo, Isto É, Playboy, Status e Manchete. Amante das letras e prolífero em sua obras, dedicou-se também à ficção, sendo o romance policial Bilac Vê Estrelas, uma referência a Olavo Bilac, sua primeira obra do gênero. Alguns textos de sua produção nos veículos de comunicação foram condensados em livros por temáticas: cinema, música popular e literatura. Seus livros também já tiveram edições em outros países como Estados Unidos, Japão, Inglaterra, Alemanha, Portugal, Espanha, Itália, Polônia, Rússia e Turquia. Livros de Ruy Castro: Morrer de Prazer – Crônicas da Vida por um Fio – 2013 Terramarear (coautoria com Heloísa Seixas) – 2011 Era no tempo do rei: Um romance da chegada da corte – 2007 Tempestade de Ritmos - 2007 Rio Bossa Nova – 2006 Carmen: Uma biografia – 2005 Amestrando Orgasmos – 2004 Flamengo: O Vermelho e o Negro – 2004 Carnaval no Fogo – 2003 A Onda que se Ergueu no Mar – 2001 O Pai que era Mãe – 2001 Bilac Vê Estrelas – 2000 Ela é Carioca – 1999 Estrela Solitária – Um Brasileiro Chamado Garrincha – 1995 (prêmio Jabuti em 1996) Saudades do Século XX – 1994 O Anjo Pornográfico: A vida de Nelson Rodrigues – 1992 Chega de Saudade: A história e as histórias da Bossa Nova – 1990

Obras mais recentes:

Se você gostou de Ruy Castro, talvez você goste também de...

ROLAR PARA O TOPO