Aguarde...

AMANTES


R$ 64,90

em até 2x de R$ 32,45 sem juros, ver mais opções

Produto disponível
Últimas unidades!

Calcule prazo de entrega e frete:

 - 
Este produto pode ser retirado em loja
Entrega Foguete disponível.  

Sinopse

Oportunismo, dinheiro, poder, conflitos amorosos e coragem são os ingredientes que temperam as biografias de oito mulheres que marcaram épocas com escandalosos romances. 'Amantes', de Leigh Eduardo, propõe-se a resgatar a história destas personagens que foram ardentemente desejadas por nomes como Chopin, Adolf Hitler, além de nobres e reis. Munidas de sensualidade e ambição, essas mulheres nada bem-comportadas muitas vezes atuaram como cortesãs. O historiador inglês define o tipo e explica por que escolheu tratá-las simplesmente como amantes. O autor pinçou famosos casos amorosos e as personagens com histórias de vidas e construiu um panorama das transformações das relações afetivas e sexuais entre os ricos e poderosos do século XVII aos anos de 1960. A beleza estonteante de Barbara Villiers - a favorita do rei Charles II - não eram negada nem por seus muitos inimigos. Madame de Montespan envolveu-se em magia negra, feitiçaria e satanismo para manter o caso com o rei Luís XIV. Dançando, La Belle Otero conseguiu do imperador japonês Yoshihito uma ilha no Pacífico. Emma Hamilton arrancou de Lorde Horatio Nelson a frase - 'Minha alma é de Deus, meu corpo, de Emma'. Lola Montez foi considerada 'fatal para quem ousasse amá-la'. Conhecida nos Estados Unidos como a bad girl vitoriana, conseguiu deixar o reino de Ludwig I, da Baviera, à beira da falência e da guerra civil, antes de fugir com uma pequena fortuna. Considerada a escritora com maior voracidade sexual do século XIX, a escritora George Sand colecionou os rótulos de 'ninfomaníaca', 'vampira', 'vadia', 'monstro', 'filha de Safo' e 'mãe', dados por seus amantes. A atriz de Hollywood Marion Davies - protegida do magnata da comunicação William Randolph Hearst - tornou-se uma das mulheres mais ricas da História. Outra das notáveis personagens escolhidas pelo historiador é Eva Braun, que sobreviveu às excentricidades de Hitler e permaneceu ao seu lado até o suicídio de ambos num bunker. Estes relatos históricos procuram revelar que certos costumes não cessam, no máximo se transformam. Entre eles, o de ser amante.

Detalhes do Produto

    • País de Produção: Brazil
    • Código de Barras:  9788520009642
    • ISBN:  8520009646
    • Encadernação:  BROCHURA
    • Altura: 23.00 cm
    • Largura: 16.00 cm
    • Complemento:  NENHUM
    • Nº de Páginas:  378

Avaliação dos Consumidores

ROLAR PARA O TOPO