Aguarde...

DICIONARIO DE PORTO-ALEGRES



Produto disponível até 15min após 
a confirmação do pagamento!

Sinopse

Com o Dicionário de Porto-Alegrês, Luís Augusto Fischer não está apenas colocando a cidade no mapa lingüístico do país. Não: Luís Augusto Fischer está revelando uma oculta dimensão de nossa gente, aquela dimensão que se expressa num linguajar característico, consolidado ao longo de gerações. É uma linguagem que nos fala do presente ou nos remete ao passado, que se refere a sexo, a comida, a esporte; é, enfim, uma linguagem muito peculiar, cujo universo Fischer, professor, intelectual e sensível observador da nossa gente, agora desvenda – e o faz com sabedoria e inteligência, com encanto e graça. Obrigado, Fischer. Como diz o teu Dicionário, a tarefa saiu melhor do que a encomenda. Para alegria e deleite de todos nós. Moacyr Scliar ALERTAR OS GANSOS – Expressão que designa o despertar da consciência de alguém para algo que se desejaria que se mantivesse incógnito. Por exemplo: “Cuida pra não alertar os gansos” pode ser dita por alguém para um amigo que estava a ponto de dar pista sobre algo de muito bom que está pintando mas que deve ser de conhecimento de poucos. A expressão tem tudo a ver com o sentido literal: gansos são ótimos vigias, porque a qualquer movimento ou ruído eles, como direi?, grasnam. BUNDA-MOLE – Covarde, em geral. Parece que deste sentido original é que derivaram outros, associados. O que me pergunto é o seguinte: o ideal seria ter bunda dura, literalmente? DE RENGUEAR CUSCO – Expressão gauchesca, recuperada para o uso na cidade. É um qualificativo para o frio forte, tal que chegaria a deixar o cusco (v.) rengo. O mesmo que “frio de lascar”, sabe-se lá por quais lascas.

Detalhes do Produto

    • Ano de Edição: 2007
    • Ano:  2016
    • País de Produção: Brazil
    • Código de Barras:  2000175858800
    • ISBN:  9788525423054

Avaliação dos Consumidores

ROLAR PARA O TOPO