Aguarde...

ENSAIO SOBRE TIPOGRAFIA


Produto Indisponível

Veja mais títulos de Editoração

Sinopse

O tema deste livro é a Tipografia, e a Tipografia tal como é influenciada pelas condições do ano de 1931. O conflito entre industrialismo e os antigos métodos dos artesãos, que deu origem à confusão do século XIX, está agora a aproximar-se do fim. Mas embora o industrialismo tenha agora conseguido uma vitória quase total, as artes manuais não estão mortas, & não podem ser radicalmente extintas, porque satisfazem uma necessidade inerente, indestrutível e constante do ser humano. Os dois mundos podem ver-se, um ao outro, como diferentes e sem recriminações, reconhecendo ambos o que há de bom no outro - o poder do industrialismo, a humanidade do artesanato. Já não há justificação para a confusão de objectivos, incongruência de métodos ou hibridismo na produção; cada um dos mundos pode deixar o outro tranquilo na sua própria esfera. Que o industrialismo tenha, ou não, 'vindo para ficar' não é questão que nos interesse, mas o artesanato acompanhar-nos-á sempre - como os pobres. E os dois mundos são agora completamente distintos. O trabalho de imitação de 'obras de época' e o comércio do artesanato de imitação estão, por certo, condenados. Os critérios das artes manuais são tão absurdos para a indústria mecanizada como os critérios mecânicos o são para o artesão. A aplicação destes princípios à feitura de letras e de livros é a matéria principal deste livro.

Detalhes do Produto

    • País de Produção: Portugal
    • Código de Barras:  9789724019130
    • ISBN:  9724019136
    • Encadernação:  BROCHURA
    • Altura: 23.00 cm
    • Largura: 16.00 cm
    • Peso: 0.32 kg
    • Nº de Páginas:  162

Avaliação dos Consumidores

ROLAR PARA O TOPO