Aguarde...

HEIDEGGER E O PROBLEMA DO ESPAÇO



Produto sob encomenda
Previsão: 2 Semanas + Frete

Calcule prazo de entrega e frete:

 - 
Este produto pode ser retirado em loja

Sinopse

A análise da existência que desenvolve Ser e Tempo, estabelece o sentido temporal do ente que somos, do Dasein, compreendendo cada uma das suas maneiras de ser e, fundamentalmente, a espacialidade, como um modo de temporalização. Mas deriva o espaço do tempo? E por que razão Heidegger acabou por declarar inaceitável a sua própria tentativa de reconduzir a espacialidade à temporalidade? A espacialidade do Dasein, entendida a partir dos utensílios à mão, pressupõe um espaço manual irredutível à temporalidade, pois a mão, o corpo de carne e a vida não são constituídos pelo tempo. Se a língua da metafísica, à conta da qual Heidegger inscreve o inacabamento de Ser e Tempo, é dominada pelas significações espaciais e as estruturas essenciais do Dasein implicam uma referência ao espaço, é a totalidade do projecto de ontologia fundamental que é reposto em causa. O Dasein deixaria de poder ter um sentido exclusivamente temporal e o problema da encarnação exige que sejam repensados o ser do homem, as relações do homem com o ser e do ser com o homem. Interpretação do Ser e Tempo que deveria permitir, também, a delimitação do fim da metafísica, a partir da emergência da questão do corpo e da carne. Um livro fundamental para se entender melhor o pensamento de Heidegger, um dos maiores filósofos contemporâneos.

Detalhes do Produto

    • Origem:  IMPORTADO
    • Editora: INSTITUTO PIAGET
    • Coleção:  PENSAMENTO E FILOSOFIA
    • Edição:  1
    • Assunto: Filosofia
    • Idioma: PORT. PORTUGAL
    • Ano:  1998
    • País de Produção: Portugal
    • Código de Barras:  9789728407902
    • ISBN:  9728407904
    • Encadernação:  BROCHURA
    • Peso: 0.25 kg
    • Complemento:  NENHUM
    • Nº de Páginas:  164

Avaliação dos Consumidores

ROLAR PARA O TOPO