Aguarde...

IMMANUEL KANT

IDEALISMO E A CARTA DA ONU



Produto sob encomenda
Previsão: 3 Semanas + Frete

Calcule prazo de entrega e frete:

 - 
Este produto pode ser retirado em loja

Sinopse

As Relações Internacionais são permeadas por debates acalorados sobre o entendimento da realidade internacional, sobre a imagem do mundo em que vivemos. A evolução deste debate culminou com uma perspectiva científica deste objeto de análise, ou seja, uma Teoria para as Relações Internacionais. Certamente, a análise teórica de determinados fenômenos, para ser bem kantiano, pressupõe um referencial teórico, sendo este elemento de importância determinante dos modelos que indicam a verificação da realidade dada e possível. Como Hobbes, Tucídides, Maquiavel, Karl Marx, Hegel, Montesquieu, entre outros, que influenciaram a formação teórica das Relações Internacionais, Kant também foi determinante dentro da busca pelo entendimento do mundo que nos cerca, influenciando a práxis internacional, como é o caso da criação da Liga das Nações e da Organização das Nações Unidas. A visão kantiana das relações de conhecimento, da dualidade sujeito-objeto, do alcance da verdade (muito discutível segundo ele), da evitabilidade do erro, do falseamento das percepções, das relações sociais, e principalmente, da natureza do Direito e das relações entre os Estados, são vetores que engendram uma visão de mundo muito específica, essencial para o entendimento de alguns fenômenos, como a Paz, o Direito Internacional e as Organizações Internacionais.

Detalhes do Produto

Avaliação dos Consumidores

ROLAR PARA O TOPO