Aguarde...
 

REPRESALIAS SELVAGENS - REALIDADE E FICÇAO

NA LITERATURA DE CHARLES DICKENS, GUSTAVE FLAUBERT



Produto disponível
Últimas unidades!

Calcule prazo de entrega e frete:

 - 
Este produto pode ser retirado em loja

FRETE GRÁTIS para o Sul e Sudeste nas compras acima de R$ 69,00; para o Centro-Oeste e Nordeste, nas compras acima de R$ 99,00; e, para o Norte, nas compras acima de R$ 139,00 - Confira o regulamento


Sinopse

Nos três ensaios que compõem este livro, Peter Gay se propõe a analisar alguns romances do realismo no século XIX - 'Casa sombria' (1853), de Charles Dickens; 'Madame Bovary' (1857), de Gustave Flaubert; e 'Os Buddenbrook' (1901), de Thomas Mann. O autor visa demonstrar que as obras mais representativas do realismo literário constituem documentos de valor para o historiador interessado. A 'verdade' da obra de arte, para Gay, é frequentemente mais confiável e informativa que a massa de dados documentais que costuma balizar as pesquisas sobre o período. No caso sintomático de Madame Bovary, por exemplo, o autor destaca como o apetite investigativo de Flaubert, que consultou centenas de livros para construir a verossimilhança de seus personagens e dos eventos narrados no romance, converte o livro num autêntico compêndio informativo sobre o cotidiano da pequena burguesia provinciana.

Aproveite e compre junto!

R$ 77,80

em até 2x de R$ 38,90 sem juros no cartão de crédito
ver mais opções

Detalhes do Produto

    • Ano:  2010
    • País de Produção: Brazil
    • Código de Barras:  9788535916416
    • ISBN:  8535916415
    • Encadernação:  BROCHURA
    • Altura: 21.00 cm
    • Largura: 14.00 cm
    • Peso: 0.28 kg
    • Complemento:  NENHUM
    • Nº de Páginas:  184

Avaliação dos Consumidores

ROLAR PARA O TOPO