Aguarde...
 

AS METAFORAS FARMACOQUIMICAS COM QUE VIVEMOS

ENSAIOS DE METAPSICOFARMACOLOGIA


Produto Indisponível

Veja mais títulos de Psicanálise

Sinopse

Uma conquista da segunda metade do século XX foi a psicofarmacologia, que surgiu a partir de um medicamento sintetizado em 1950. A psicofarmacologia envolve não apenas a produção de fármacos ou derivados, mas também de metáforas, novas formas discursivas produzidas para falar dos efeitos encontrados. É simples uma vez que os efeitos obtidos com determinada substância inauguravam uma novidade para a qual não existia nome, era preciso inventar formas de designar o que o fármaco produzia. É isto o que convida à produção de metáforas diversas, todas com a mesma finalidade - enunciar pela palavra o efeito comportamental que a substância química ocasiona. Nessa junção entre a substância e a metáfora, nascem os estabilizadores, moduladores, tranquilizantes, energizantes e antidepressivos. Tudo isso com o intuito de tornar o fármaco mais receptivo. Ou seja, além da produção de fármacos e derivados, faz-se necessária uma produção discursiva para falar dos efeitos encontrados.

Detalhes do Produto

    • Subtítulo:  ENSAIOS DE METAPSICOFARMACOLOGIA
    • Origem:  NACIONAL
    • Editora: GARAMOND
    • Edição:  1
    • Ano:  2010
    • Assunto: Psicologia - Psicanálise
    • Idioma: PORTUGUÊS
    • País de Produção: Brazil
    • Código de Barras:  9788576171775
    • ISBN:  8576171775
    • Encadernação:  BROCHURA
    • Altura: 21.00 cm
    • Largura: 14.00 cm
    • Comprimento: 1.00 cm
    • Peso: 0.30 kg
    • Complemento:  NENHUM
    • Nº de Páginas:  144

Avaliação dos Consumidores

ROLAR PARA O TOPO