Aguarde...

LOGO PARECIA QUE ASSIM SEMPRE FORA

BREVES INSPIRAÇOES LIVREMENTE DELIRADAS


Produto Indisponível

Veja mais títulos de Poesia

Sinopse

Fruto da parceria entre o pernambucano Lenine e o carioca Marcos Suzano, o disco Olho de peixe foi lançado em 1993 com uma trajetória de sucesso nacional e internacional. Contemporâneo de uma geração que apostou no fim das fronteiras entre o pop e o popular, a dupla investiu nos cruzamentos de ritmos e estilos musicais para ampliar o leque de opções do cancioneiro nacional. Com suas melodias e levadas inventivas e originais, com letras que falam do mais profundo nordeste até o cotidiano do brasileiro urbano, o disco tornou-se um divisor de águas na música popular brasileira. O casamento entre o violão e voz de Lenine e a batida inovadora do pandeiro de Suzano influenciaram uma série de músicos e criaram para o ouvinte uma sonoridade que permanece atual a cada audição. Em Logo parecia que assim sempre fora, Pedro Luís mergulha em todos esses elementos sonoros e os transforma em poesia. Em textos cuja inspiração são os títulos das músicas de Olho de peixe, encontramos uma literatura que, assim como o trabalho homenageado, dialoga com imagens e sons de nossa língua e de nossa cultura. Neste livro, as palavras dançam ao som do disco de Lenine e Suzano, conduzidas pela batuta de seu arranjador-escritor Pedro Luís.

Detalhes do Produto

    • Edição:  1
    • Ano:  2009
    • País de Produção: Brazil
    • Código de Barras:  9788560160549
    • ISBN:  856016054X
    • Encadernação:  BROCHURA
    • Altura: 16.00 cm
    • Largura: 11.00 cm
    • Complemento:  NENHUM
    • Nº de Páginas:  36

Avaliação dos Consumidores

ROLAR PARA O TOPO