Aguarde...

MUNDO DOS ESPIRITOS - O QUE ACONTECE APOS A MORTE



Produto sob encomenda
Previsão: 7 Semanas + Frete

Calcule prazo de entrega e frete:

 - 
Este produto pode ser retirado em loja

Sinopse

Mundo dos EspíritosVolume IO que acontece após a morte do corpoSinopseA evolução da humanidade é um fato que ninguém ousa contestar. O processo evolutivo está em curso, o homem do futuro será diferente, tal como o homem de hoje é diferente do homem das cavernas. O componente de natureza divina do homem (que uns denominam de Espírito, outros denominam de Alma, outros de Centelha Divina e tantos outros nomes) foi criado diretamente por Deus, que lhe conferiu a condição de individualidade e vida eterna. Este Ser constitui o elo de ligação com Deus e o meio de comunicação com a divindade. Quem adquirir consciência de sua existência e atuação encontra discernimento de certo e errado e assume um compromisso inarredável com o bem, verdade, justiça e fraternidade. Produzido pelo componente de natureza divina do autor, o texto do ?Mundo dos Espíritos? demonstra a existência em todas as pessoas deste componente e o enorme potencial de realização que o mesmo lhes confere, cria condições para identificar o componente com que o homem maculou o divino que cultuamos, enseja a libertação de dogmas e confere a certeza de que cada um pode conquistar a sua liberdade. Este Ser pode atuar na mente humana, em paralelo com a razão lógica, e trazer à consciência conhecimentos que o raciocínio não foi capaz de alcançar; também evidencia a possibilidade do deslocamento do espírito do interior do corpo e ir aonde se faça necessário para adquirir o conhecimento que procura, retornando ao corpo sem causar qualquer dano a este.Foi o que aconteceu. O Espírito do autor se deslocou ao plano absoluto da existência, para onde são levados os espíritos após o falecimento do corpo, e constatou as condições em que vivem estes espíritos.Esta realidade é aqui apresentada em forma de diálogo, cujas respostas elucidam os seguintes fatos-1. Situação do espírito após a morte do corpo.2. Condição de sofrimento maior e por mais tempo, em função do mal praticado pela pessoa à qual esteve vinculado.3. Sofrimento como consequência natural do mal praticado4. Ingresso natural no plano divino daqueles que estiverem isentos de marcas do mal5. Isolamento dos espíritos marcados por homicídios e suicídios.6. Sofrimento de homicidas e suicidas leva a rebeldia contra a divindade.7. Ajuda espiritual8. Separatividade São numerosas as conclusões a que o leitor pode chegar pela leitura deste livro. Só para ilustrar, citamos algumas das muitas a que o autor chegou-1 ? Após a morte do corpo o Espírito se desvincula deste, mas está impregnado pelas marcas das transgressões cometidas pela pessoa;2 - As marcas das transgressões se agrupam por camadas e estas se deslocam para o interior do Espírito, penetrando mais profundamente as de maior gravidade, tornando a respectiva camada mais densa na medida em que transgressão semelhante se junta à anterior;3 ? As marcas do homicídio são as mais internas e mais densas de todas que impregnam o Espírito; seguem-se as marcas do suicídio, do roubo, da mentira, da inveja, do ciúme e outras de consequências sofredoras menores;4 ? Após a eliminação da marca mais interna, o Espírito se desloca para a Esfera Redentora onde eliminará a seguinte e assim por diante até eliminar todas;5 - O que acontecerá com o Espírito após a morte do corpo, é consequência natural das ações voluntárias que cada um praticar;6 ? Quanto mais prejudiciais ou causadoras de sofrimento a outrem forem as ações da pessoa, mais impregnado fica o Espírito de quem assim proceder;7 ? O Espírito terá de passar, após a morte do corpo, por um processo de purificação que será tão mais longo e mais sofrido quanto maiores e mais profundas forem as marcas que tiver;8 - O homicida e o suicida passam pelo processo mais longo e mais sofrido, o qual pode durar milênios, mas terá um fim;9 - O sofrimento do homicida e suicida é tão atroz que lhes produz rebeldia contra Deus, a ponto de negarem a divindade;10 ? O plano redentor das marcas dos homicídios está repleto de Espíritos que cometeram esta transgressão, mas nenhum deles se dá conta da existência dos demais e todos expressam grande dor e sofrimento provocado pelo processo de eliminação destas marcas;11 ? O Plano redentor das marcas do suicídio é muito escuro e extremamente sufocante, está cheio de Espíritos, mas cada um permanece em total isolamento; são um pouco menos revoltados do que os homicidas e, na fase final do processo redentor destas marcas, alcançam alguma mobilidade, tornando-se ávidos pelo aprisionamento de qualquer incauto que se aproxime deles; 12 - Não existe um Juiz Celestial, não há julgamento nem condenação e muito menos perdão dos pecados; o que há é a consequência natural dos atos que praticarmos.13 ? As boas ações que cada um praticar diminuem a densidade das marcas de más ações praticadas anteriormente, tornando o processo de redenção menos longo e menos sofrido;14 ? Os pensamentos humanos podem ser captados pelos espíritos que tiverem propensões idênticas ao pensamento produzido e, através deste, localizarem a pessoa que assim pensou e passarem a interferir na vida desta.15 - Podemos romper as correntes que nos mantêm prisioneiros de um equívoco milenar, que nos leva a cultuar um Deus criado pelo homem à sua imagem e semelhança.

Detalhes do Produto

    • País de Produção: Brazil
    • Código de Barras:  9788578933920
    • ISBN:  8578933923
    • Encadernação:  BROCHURA
    • Altura: 21.00 cm
    • Largura: 14.00 cm
    • Complemento:  NENHUM
    • Nº de Páginas:  294

Avaliação dos Consumidores

ROLAR PARA O TOPO