Aguarde...

O INVENTARIO DE JULIO REIS



Produto disponível até 15min após 
a confirmação do pagamento!

Sinopse

Compositor, maestro, pianista e crítico musical, Julio Reis nasceu em São Paulo, em 1863. Mas foi no Rio de Janeiro do início do século XX que compôs valsas, polcas, habaneras e tangos que o tornariam popular entre artistas e intelectuais da época. E abririam caminho para a publicação de livros de contos e de críticas, e para a realização de projetos musicais mais ambiciosos. Sinfonias e óperas, como Heliophar, parte da programação oficial do Centenário da Independência. Julio Reis deixou um acervo bem organizado — e extenso —, com partituras e muitos recortes de jornais. Mas pouco ainda se sabe sobre suas motivações e suas lutas. Agora seu bisneto, o jornalista Fernando Molica, recupera a trajetória deste que foi certamente um dos mais importantes nomes do cenário musical clássico brasileiro. Após três romances ambientados na contemporaneidade, o escritor volta ao Rio antigo para compor um rico panorama de uma época de grandes mudanças. A Primeira Guerra, a Revolução Soviética, as conquistas científicas e outras transformações fundamentais para a cidade e para Julio Reis desfilam pelas páginas, em meio a histórias controversas e pitorescas. A casa em Piedade, e a incongruência de um gênio clássico perdido no subúrbio, a ojeriza pelo que rompia com o convencional — como Debussy e Villa Lobos —, o amor pelos clássicos. A briga pela verba aprovada para a montagem de sua ópera Sóror Mariana. Que nunca saiu. Aqui, Fernando Molica compõe, nota a nota, um arranjo de possibilidades. Uma hipótese de Julio Reis que ultrapassa a realidade, sem nunca a perder de vista.

Detalhes do Produto

    • Ano de Edição: 2012
    • Ano:  2016
    • País de Produção: Brazil
    • Código de Barras:  2000175849037
    • ISBN:  9788501400826

Avaliação dos Consumidores

ROLAR PARA O TOPO