Aguarde...

PSICOTERAPIA E ESPIRITUALIDADE



Produto sob encomenda
Previsão: 6 Semanas + Frete

Calcule prazo de entrega e frete:

 - 
Este produto pode ser retirado em loja

Sinopse

'Foi com surpresa e alegria que recebi o convite do Prof. Maurício Neubern para prefaciar esse trabalho. Tive o privilégio de conhecer Maurício durante a nossa graduação em Psicologia nos idos de 90. Aluno sempre interessado, crítico, estudioso e amigo dos livros, seus olhos eram atentos a tudo e todos e seu espírito buscava conhecer tudo que pudesse auxiliar na construção do papel de Psicólogo. Já naquela época era possível identificar o grande psicoterapeuta que nascia ali, comprometido com a ciência e com a busca daquilo que fosse melhor para aqueles sujeitos em atendimento. Atualmente tenho a satisfação de coordenar junto com Prof. Maurício o 'Acolher', Projeto de Extensão Universitária que oferece psicoterapia para pessoas vivendo e convivendo com dores e doenças crônicas. Conhecendo a trajetória do autor, percebo neste trabalho um caminho de amadurecimento nas reflexões apresentadas em suas obras anteriores (Neubern, 2004; Neubern, 2009). O que marca essa obra é um grande e profundo convite. Convite à reflexão ampla sobre nossa atuação como profissionais de Psicologia, comprometidos com a qualidade da atenção oferecida àqueles que buscam nosso trabalho. É um convite à ousadia de acolher o fenômeno que nos bate à porta e que precisa ser decifrado, compreendido, incluído... Prof. Maurício propõe-se a um olhar integral para o sujeito e ao acolhimento de sua experiência religiosa, da relação com o 'Divino' como parte indissociável de sua vivência. O autor nos apresenta reflexões fundamentais sobre a dicotomia ciência e religião e sobre suas conseqüências para a qualidade da atenção na relação clínica, principalmente no campo da Psicologia aonde essa dicotomia vem estabelecida nas raízes da estruturação dessa ciência. Mas será que esta dicotomia não teria reduzido nossas possibilidades de compreensão do mundo vivido e sentido pelo sujeito? Será que essa separação de campos não teria comprometido nossa capacidade de compreensão do outro e limitado nossas intervenções? Será lícito que um psicoterapeuta ou qualquer profissional de saúde desconsidere a relação do sujeito com sua religiosidade ou a classifique como algo menos importante no processo de cuidado? Por vezes reconhecemos a importância desse aspecto, mas nossas práticas podem não ser coerentes com essa posição na medida em que reduzimos as experiências religiosas apenas como estratégias de enfrentamento de alguma dificuldade. Seria essa a posição mais coerente com a atuação profissional que nos propomos? Essas são algumas reflexões apresentadas por esse livro e que podem nos auxiliar a repensar não apenas nossa atuação como psicoterapeutas, mas também nos oferecer elementos para refletir sobre o modelo de atenção em saúde como em clínica no qual baseamos nossas práticas. Prof. Maurício compartilha conosco a atuação de um Psicoterapeuta talhado na postura de pesquisador e utiliza a metáfora do Diplomata que, curioso e atento à realidade do outro, adentra com respeito em outras culturas reconhecendo de onde veio, mas com interesse real em conhecer e aprender a dialogar em um outro contexto cultural. Também nos apresenta os diálogos com o mundo e consigo mesmo e destaca a religião, ou 'a relação com o Divino' não como uma construção social e coletiva ou vivência mística, mas sim como aspecto constitutivo da identidade e, portanto, algo que não pode ser desconsiderado no processo de cuidado integral do sujeito. Ele ainda nos convida a refletir, de forma muito interessante, sobre as condições que possibilitam um diálogo entre as posições do Cético (comprometido com o ideal de ciência) e do Diplomata (que ousa conhecer e se envolver com o mundo do outro). Esses dois personagens se deparam com o mesmo fenômeno e seus questionamentos nos ajudam a refletir sobre casos concretos que emergiram da experiência do autor como pesquisador e psicoterapeuta. Os casos apresentados exemplificam a integração da dimensão religiosa e ilustram a importância em se considerar a relação com o 'Divino' como parte fundamental na produção de sentidos das pessoas que compartilharam suas vivências e que encontraram no processo da psicoterapia um caminho para se sentirem autores de suas próprias histórias. Temos sempre uma escolha diante de um fenômeno - ignorá-lo ou buscar compreende-lo. Prof. Maurício vai além nessa obra. Não só acolhe e busca compreender o fenômeno colocando-se disponível para aprender com ele, mas apresenta a coragem e ousadia dos pioneiros na medida em se propõe a compartilhar com o público suas inquietações e reflexões advindas desta prática. Percebe-se nessa proposta a maturidade do pesquisador que não teme adentrar o campo do desconhecido ou contestar o estabelecido mesmo que tais indagações levem a mais amplos questionamentos. O autor nos convida ainda a discutir o mecanismo colonizador do saber na relação com o outro e busca refletir sobre o lugar de autoridade do profissional de Psicologia no processo de cuidado com o outro apresentando uma proposta de fortalecimento da horizontalidade na relação clínica numa perspectiva de paradigma inclusivo e comprometido com princípios humanistas. Neste processo de reflexão o autor nos desafia a pensar sobre nossas práticas e a nossa própria relação com os aspectos religiosos no desenvolvimento da nossa identidade. Qual caminho escolheremos? Da curiosidade dos aprendizes e humildade dos grandes sábios ou da rigidez e da vaidade que não nos permitem ousar? Da possibilidade de integração ou na fragmentação dos sujeitos e dos saberes? Enfim, é uma obra importante para estudantes e profissionais da Psicologia e áreas afins interessados no processo de constante construção do papel profissional e comprometidos com uma atuação qualificada como forma de intervenção na realidade e no processo de cuidado e promoção da saúde.' - Larissa Polejack

Detalhes do Produto

    • Ano:  2013
    • País de Produção: Brazil
    • Código de Barras:  2000230492499
    • Encadernação:  BROCHURA
    • Altura: 22.00 cm
    • Largura: 16.00 cm
    • Complemento:  NENHUM
    • Nº de Páginas:  307

Avaliação dos Consumidores

ROLAR PARA O TOPO