Aguarde...

SENSO COMUM E MODERNIDADE EM HANNAH ARENDT



Produto sob encomenda
Previsão: 2 Semanas + Frete

Calcule prazo de entrega e frete:

 - 
Este produto pode ser retirado em loja

Sinopse

O mal radical introduzido no mundo pelo nazismo e, mais genericamente, pelo totalitarismo; a demissão, por parte dos indivíduos, da sua própria responsabilidade moral - demissão do pensamento e demissão da acção, de modo indissociável -, levaram Hannah Arendt a questionar-se sobre as condições de uma responsabilidade autêntica dos homens pelo mundo, de uma autêntica ética da política. O mundo totalitário foi edificado sobre os escombros do senso comum e completou essa destruição. Anne-Marie Roviello revela as diferentes dimensões do senso comum, tal como foram pensadas por Hannah Arendt - sentido da comunidade do sentido e do mundo, sentido da condição humana da pluralidade.

Detalhes do Produto

    • Origem:  IMPORTADO
    • Editora: INSTITUTO PIAGET
    • Coleção:  PENSAMENTO E FILOSOFIA
    • Edição:  1
    • Assunto: Filosofia
    • Idioma: PORT. PORTUGAL
    • Ano:  1997
    • País de Produção: Portugal
    • Código de Barras:  9789728407810
    • ISBN:  9728407815
    • Encadernação:  BROCHURA
    • Altura: 24.00 cm
    • Largura: 16.00 cm
    • Peso: 0.41 kg
    • Complemento:  NENHUM
    • Nº de Páginas:  204

Avaliação dos Consumidores

ROLAR PARA O TOPO