Aguarde...

UM QUILOMBO NO LEBLON


Produto Indisponível

Veja mais títulos de Literatura

Sinopse

José de Seixas Magalhães era um comerciante pouco comum no Rio de Janeiro do século XIX. Dedicava-se à fabricação e comércio de malas e sacos de viagem na Rua Gonçalves Dias, no Centro, onde já utilizava os mais modernos recursos tecnológicos. Seixas possuía uma chácara no Leblon, onde cultivava flores com o auxílio de escravos fugidos. Ele ajudava os fugitivos e os escondia com a cumplicidade dos principais abolicionistas da capital do Império, muitos deles membros proeminentes da Confederação Abolicionista. A chácara de flores, a floricultura do Seixas, era conhecida abertamente como o 'quilombo Leblond', ou 'quilombo Le Bloon', então um remoto subúrbio à beira-mar. Era lá, exatamente, que o tal Seixas cultivava camélias, flor que se tornaria o símbolo por excelência do movimento abolicionista. Em cada página um pequeno glossário procura situar o leitor no devido período histórico, além de fornecer pequenas biografias de algumas personagens da época.

Detalhes do Produto

    • Origem:  NACIONAL
    • Editora: PALLAS
    • Edição:  1
    • Ano:  2011
    • Assunto: Literatura
    • Idioma: PORTUGUÊS
    • País de Produção: Brazil
    • Código de Barras:  9788534704533
    • ISBN:  8534704538
    • Encadernação:  BROCHURA
    • Altura: 24.00 cm
    • Largura: 19.00 cm
    • Comprimento: 1.00 cm
    • Peso: 0.28 kg
    • Complemento:  NENHUM
    • Nº de Páginas:  112

Avaliação dos Consumidores

ROLAR PARA O TOPO