Menu
Todo o site em 10x Sem Juros - Clique e confira o regulamento

PRECISAMOS FALAR SOBRE O KEVIN

Formato: Livro

Autor: SHRIVER, LIONEL

Idioma: PORTUGUES

Editora: INTRINSECA

Assunto: LITERATURA ESTRANGEIRA - ROMANCES

ESGOTADO NO FORNECEDOR

Disponibilidade

Como funciona nossa entrega

Esgotado no fornecedor

Agora você pode participar do nosso site inserindo seus vídeos, suas imagens e links para seu blog ou website. Clique nos ícones ao lado e participe!

Especificações Tecnicas

ISBN:

ISBN-13:

Idioma: português

Encadernação: Brochura

Altura: 23 cm

Largura: 16 cm

Edição:

Ano de Lançamento: 2007

Número de páginas: 464

Sinopse

Kevin Khatchadourian, 16 anos, é autor de uma chacina na qual matou sete colegas, uma professora e um servente num colégio dos EUA. Neste livro, a autora fez um thriller psicanalítico em que a mãe do assassino escreve cartas ao pai ausente. Discute casamento, maternidade e família, enquanto denuncia o que há com sociedades contemporâneas que produzem assassinos mirins em série, ou 'pitboys'.

  • 20 Opiniões:

    Opine
  • 11/05/2012

    Estela

    Livro muito bom!
    Acho que o homem é moldado dependendo do meio que ele vive; Mas as vezes o ser humano nasce mau e não se ajusta de forma alguma, mesmo que este tenha uma educação exemplar, é o que eu acho...

  • 20/03/2012

    Mary Rose Burunsizian Kenchian

    Precisamos falar sobre o Kevin, precisamos falar sobre a relaçao
    pai/filho e mae /filho, precisamos falar sobre casamento,
    precisamos falar sobre a hipocresia da sociedade norte-americana que exporta seus valores para o mundo.
    Precisamos falar e Lionel Shriver falou com muita propriedade e de uma forma esplendida falou

  • 20/03/2012

    Mary Rose Burunsizian Kenchian

    Precisamos falar sobre o Kevin, precisamos falar sobre a relaçao pai/filho e mae /filho, precisamos falar sobre casamento, precisamos falar sobre a hipocresia da sociedade norte-americana que exporta seus valores para o mundo. Precisamos falar e Lionel Shriver falou com muita propriedade e de uma forma esplendida.

  • 25/01/2012

    Bruna Brito

    A autora desnuda uma alma aflita por mudanças, capaz de colocar um criança no mundo só para ver se vai sentir alguma coisa. Kevin é apenas o reflexo de sua mãe, talvez por isso ela sinta o que sente durante todo o processo de descoberta materna. Apenas a tragédia foi capaz de mostrar para os dois a afeição existente entre eles. Às vezes, amar é odiar também.

    Um leitura que revela muito sobre nós mesmos... Vale a pena ter, ler e reler.

  • 14/12/2011

    Gabriela Elorza

    a Lionel deixa qualquer um pasmo com sua forma de narrar desde roupas curtas até o olhar da mãe na sala de espera da cadeia.
    Sem duvida nenhuma foi um livro que li em picados, para absorver cada informação que era transmitida...
    Vou precisar falar sobre o Kevin muitas vezes ainda.

  • 09/11/2011

    Lilian

    Um livro mais real que já li.
    Lionel Shriver escreve sem floreios sobre a maternidade, mostrando a realidade de forma incrível.
    Além de nos narrar uma sociedade moderna de forma crua e sincera.
    Um livro excelente o qual eu recomendo a todos.

  • 10/10/2011

    Dartagnan Ferrer dos Santos

    Com lucidez, realismo e serenidade, a autora retrata o que parece ser o beco sem saída em que o humanidade hj se encontra: se não há mais o que buscar, a destruição pode parecer ser o caminho.
    História inebriante escrita com maestria. Coisa para estar ao lado de Na Colônia Penal de Kafka e O Estrangeiro do Camus. Exagero meu? Confira vc mesmo.

  • 11/01/2011

    Franklin Weise

    Pode parecer que o livro trate de chacinas juvenis nos EUA. Sim, mas não é este o objetivo.
    POde parecer que o livro seja uma crítica ao modo de vida americano, mas não é isto também.
    É, a meu ver, uma narrativa perturbadora e angustiante da busca existencial num mundo tão difícil de nos encaixarmos. Escrita de um modo passional e, acredito eu, confessional.

  • 05/01/2010

    Rogério Salles

    Não conhecia a Lionel. Na verdade, o livro não me chamou a atenção pelo tema, quando o peguei. Após alguns meses, resolvi lê-lo. Surpresa mais do que boa. Texto, técnica e direção de idéias mais do que envolventes. Lionel não nos mostra apenas a figura de um psicopata. Ela joga para o leitor toda uma opinião pessoal sobre genética, atitude, sociedade, modo de vida (principalmente do norte americano) e como isso tudo (juntamente ou separadamente) pode gerar violência gratuita. Ficção com gosto de realidade na prosa espetacular de Lionel. Vou correndo comprar o outro livro dela. Atenção : este livro vai fazer você pirar!

  • 19/10/2009

    Ulisses B. dos Santos

    A primeira vez que vi o livro, a capa me causou impacto. Li as observações da orelha, os comentários na contracapa...e só.Ganhei de presente, mas só fui ao encontro de Kevin, muito tempo depois...Impressiona a narrativa, que se inicia tranquila, em dados momentos adquire contornos de surpresa, indignação, entre outros sentimentos.
    As cartas,que Eva escreve ao pai ausente(será mesmo?),mudam de perfil e de foco no transcorrer da narrativa: de comentários leves e suaves sobre seu dia-a-dia e suas angústias de mulher com certa idade para descrições de uma relação atribulada com o único filho,Kevin.
    Se eu escrever o que quero,ultrapasso o limite do site e conto o livro.
    Leia, vale muito a pena!

  • 26/02/2009

    MARCOS PIVA

    MUITO BOA ESTÁ LEITURA.EU RECOMENDO

  • 22/02/2009

    Jane Almeida

    Um livro impressionante, mostra o relato sincero de uma mãe ao perceber desde pequeno a má indole do seu filho, enquanto isso o pai sempre colocando o filho num pedestal imaculado. Ao término da leitura, ele fica guardado na mente.Faz pensar que a maioria dos Pais e mães nunca olham com uma visão critíca para suas próprias crias.Pra quem quer fugir um pouco de ficção, uma boa história real e boa leitura.

  • 21/07/2008

    Patricia Pinheiro

    Qd terminar de ler (as vezes, durante a leitura tb) tem de parar, respirar e pensar muito no mundo que vivemos. Muitas vezes achamos melhor não enxergar(vemos, mas não enxergamos)uma situação estranha e ficamos na esperança que essa situação poderia se resolver por si só. Temos de tomar atitudes sempre, mesmo que sejam mal compreendidas no momento.

  • 26/06/2008

    Tania Maria Lançanova Duré

    A autora analisa o relacionamento do filho Kevin na família desde o seu nasdcimento. Através de cartas endereçadas ao marido Franklin consegue reconstituir e tentar entender o que houve para o seu filho praticar homicídio coletivo na escola onde estudava. Com a total impotência do pai frente as ações praticadas ao longo da vida de Kevin, a mãe vai narrando as sucessivas tentativas de mostrar ao pai quem era o filho deles e as perversidades que este praticava. O pai é aliado as situações praticadas pelo filho, impendindo a mãe de realizar qualquer tentativa de educação, inclusive alimentando as ações com a total permissividade paterna.
    Este livro mostra como é possível construir uma personalidade perversa num país como os Estados Unidos em que é corriqueiro o aparefcimento de crimes em série nas escolas americanas.
    Recomendo o livro, porque nos mostra até que ponto pode chegar a permissividade e a inexistência da paternidade na vida de um filho.

  • 26/05/2008

    renata simon


    O livro é uma historia que relata como o bebe quando nasce traz consigo a herança dos pais. Não somente a herança genetica,mas a herança psiquica.
    A criança é fruto desta historia familiar que é anterior a gravidez da mãe.Ela remete sim, a propria historia de vida da mãe e sua relação com seus pais e avos.
    É muito denso e forte ,mas ao mesmo tempo muito real o conflito desta mãe.Para satisfazer algo em nome de nossa cultura resolve ter este filho,mas as consequencias são dramaticas.
    Apesar de duro ,ele mostra muito a realidade que existe em nosso mundo atual.
    Renata Simon
    psicopedagoga
    renatasimon@hotmail.com

  • 02/04/2008

    LARISSA BERTANI


    O padrão (casamento + filhos) nem sempre dá certo.
    Existem pessoas que não são o padrão.

  • 19/02/2008

    Monica Aparecida Prado

    Este livro merece ser lido pois nos mostra de forma crua como estamos imersos num mundo de ilusão que consegue criar uma boa imagem do que tem se mostrado longe das características de bondade e boa conduta. A importânica da lucidez e discernimento em distinguir o filho do ser humano repleto de atitudes prejudiciais.

  • 07/01/2008

    Lucy França Martins

    Este foi um livro que percorri com a sensação sempre incômoda de uma crescente angústia,tal a forma e o conteúdo da narrativa. Toda a história me leva a repensar sobre o mito da maternidade, numa época em que a mulher vive dividida entre filhos e trabalho. Observo que, felizmente, muitas mulheres na contemporaneidade reconhecem seu direito de desejar, ou não, colocar em ato essa potência. Cabe à mulher a escolha.No entanto, o que o livro aponta é que havia um descompasso no desejo do casal.Trata-se de outro ser que, ainda não podendo opinar, adiante vai cobrar todos os seus direitos de afeto.

  • 05/11/2007

    Adriana Oliveira

    A palavra PERTURBADOR parece repetitiva, mas é inevitável.

    Se você espera dessa história mais um relato sobre mais um nerd impopular norte-americano, que atira nos colegas de escola por não estar dentro do sistema... esqueça!

    O Kevin - filho da personagem que narra a história contida nesse livro - é um adolescente que parece até existir de verdade: inteligente, profundamente racional e frio, cujo único prazer é anular as ''pequenas felicidades'' dos outros. Ele mesmo não entende esse sentimento. Sua vida é - ou parece ser - uma monotonia sem fim, sem alegria, nem tristeza, nem emoções.

    Daí é parar e pensar: as pessoas se tornam más com a competitivade e a violência humanas ou simplesmente nascem assim? Existe essa tal ''maldade''?

  • 28/10/2007

    Cristianna

    Li o livro compulsivamente e terminei em algumas horas. Sou mãe de dois filhos e confesso que durante meus 14 anos de maternidade nada que eu li, ouvi ou assisti foi capaz de fazer refletir como este livro.
    Posso afirmar que talvez nunca tenha lido nada igual. Parabéns Lionel Shriver!

Opinião do Leitor

  • 20 Opiniões:

    Opine
  • 11/05/2012

    Estela

    Livro muito bom!
    Acho que o homem é moldado dependendo do meio que ele vive; Mas as vezes o ser humano nasce mau e não se ajusta de forma alguma, mesmo que este tenha uma educação exemplar, é o que eu acho...

  • 20/03/2012

    Mary Rose Burunsizian Kenchian

    Precisamos falar sobre o Kevin, precisamos falar sobre a relaçao
    pai/filho e mae /filho, precisamos falar sobre casamento,
    precisamos falar sobre a hipocresia da sociedade norte-americana que exporta seus valores para o mundo.
    Precisamos falar e Lionel Shriver falou com muita propriedade...+ ver mais

Voltar

MUNDO POS-ANIVERSARIO, O

'O mundo pós-aniversário' aborda o relacionamento aparentemente sólido de um casal de americanos radicado em Londres. Ele é um disciplinado pesquisador de um instituto de estudos estratégicos; ela, uma acomodada ilustradora de livros que depara com uma vontade incontrolável de beijar outro homem; um velho amigo do casal,...

TEMPO E DINHEIRO

Shep Knacker sempre economizou para a 'Outra Vida' - um retiro idílico no Terceiro Mundo, onde um modesto pé-de-meia poderia durar para sempre. Os engarrafamentos de Nova York seriam substituídos por tempo para 'falar, pensar, ver e ser' - e por horas de sono suficientes. Quando ele vende sua empresa de consertos domésticos...

DUPLA FALTA

Tênis sempre foi a maior paixão de Willy Novinsky desde que ela pegou em uma raquete pela primeira vez, aos 5 anos. 'Ame a mim, ame meu jogo', dizia, aos 23, quando galgava o ranking, entre os tenistas profissionais medianos. Até que conhece Eric Oberdorf - matemático recém-formado pela Universidade de Princeton, capaz...

PRECISAMOS FALAR SOBRE O KEVIN (CAPA DO FILME)

Kevin Khatchadourian, 16 anos, é autor de uma chacina na qual matou sete colegas, uma professora e um servente num colégio dos EUA. Neste livro, a autora fez um thriller psicanalítico em que a mãe do assassino escreve cartas ao pai ausente. Discute casamento, maternidade e família, enquanto busca denunciar o que há com...

GRANDE IRMAO

Pandora é uma empreendedora bem-sucedida que vive em Iowa com o marido, Fletcher, um homem de temperamento irritadiço, que nunca consegue relaxar. Edison, irmão de Pandora, antes um conhecido pianista de jazz em Nova York, está completamente falido, sem ter onde morar. Contrariando o marido, Pandora envia uma passagem...

WE NEED TO TALK ABOUT KEVIN, MOVIE TIE-IN

Eva never really wanted to be a mother - and certainly not the mother of the unlovable boy who murdered seven of his fellow high school students, a cafeteria worker, and a much-adored teacher who tried to befriend him, all two days before his sixteenth birthday. Now, two years later, it is time for her to come to terms...

BIG BROTHER

When Pandora picks up her older brother Edison at her local Iowa airport, she literally doesn't recognize him. In the four years since the siblings last saw each other, the once slim, hip New York jazz pianist has gained hundreds of pounds. What happened? And it's not just the weight. Imposing himself on Pandora's world,...

SO MUCH FOR THAT

Shepherd Knacker is bored with his humdrum existence. He's sold his successful handy-man business for a million dollars and is now ready to embark on his 'Afterlife' - a one way ticket to a small island off the coast of Africa. He tries to convince his wife Glynis to come with him, but she laughs off the idea as preposterous.There's...

SO MUCH FOR THAT

Shepherd Knacker is bored with his humdrum existence. He's sold his successful handy-man business for a million dollars and is now ready to embark on his 'Afterlife' - a one way ticket to a small island off the coast of Africa. He tries to convince his wife Glynis to come with him, but she laughs off the idea as preposterous.There's...

WE NEED TO TALK ABOUT KEVIN

Eva never really wanted to be a mother - and certainly not the mother of the unlovable boy who murdered seven of his fellow high school students, a cafeteria worker, and a much-adored teacher who tried to befriend him, all two days before his sixteenth birthday. Now, two years later, it is time for her to come to terms...

SO MUCH FOR THAT

Shep Knacker has long saved for 'The Afterlife' - an idyllic retreat to the Third World where his nest egg can last forever. Traffic jams on the Brooklyn-Queens Expressway will be replaced with 'talking, thinking, seeing, and being' - and enough sleep. When he sells his home repair business for a cool million dollars,...

NEW REPUBLIC, THE

Ostracized as a kid, Edgar Kellogg has always yearned to be popular. A disgruntled New York corporate lawyer, he's more than ready to leave his lucrative career for the excitement and uncertainty of journalism. When he's offered the post of foreign correspondent in a Portuguese backwater that has sprouted a homegrown terrorist...

WE NEED TO TALK ABOUT KEVIN

Eva never really wanted to be a mother - and certainly not the mother of the unlovable boy who murdered seven of his fellow high school students, a cafeteria worker, and a much-adored teacher who tried to befriend him, all two days before his sixteenth birthday. Now, two years later, it is time for her to come to terms...

POST-BIRTHDAY WORLD, THE

In this eagerly awaited new novel, Lionel Shriver, the Orange Prize-winning author of the international bestseller We Need to Talk About Kevin, delivers an imaginative and entertaining look at the implications, large and small, of whom we choose to love. Using a playful parallel-universe structure, The Post-Birthday World...

GAME CONTROL

Eleanor Merritt, a do-gooding American family-planning worker, was drawn to Kenya to improve the lot of the poor. Unnervingly, she finds herself falling in love with the beguiling Calvin Piper, despite, or perhaps because of, his misanthropic theories about population control and the future of the human race.

POST-BIRTHDAY WORLD, THE

In this eagerly awaited new novel, Lionel Shriver, the Orange Prize-winning author of the international bestseller We Need to Talk About Kevin, delivers an imaginative and entertaining look at the implications, large and small, of whom we choose to love. Using a playful parallel-universe structure, 'The Post-Birthday World'...

POST-BIRTHDAY WORLD, THE

It all hinges on one kiss. Whether Irina McGovern does or does not lean in to a specific pair of lips in London will determine whether she stays with her disciplined, intellectual partner Lawrence or runs off with Ramsey, a hard-living snooker player. Using a parallel universe structure, we follow Irina's life as it unfolds...

DOUBLE FAULT

Tennis has been Willy Novinsky's one love ever since she first picked up a racquet at the age of four. A middle-ranked pro at twenty-three, she's met her match in Eric Oberdorf, a low-ranked, untested Princeton grad who also intends to make his mark on the international tennis circuit. Eric becomes Willy's first passion...

GAME CONTROL

Eleanor Merritt, a do-gooding American family-planning worker, was drawn to Kenya to improve the lot of the poor. Unnervingly, she finds herself falling in love with the beguiling Calvin Piper, despite, or perhaps because of, his misanthropic theories about population control and the future of the human race.

MUNDO DESPUES DEL CUMPLEANOS, EL

Irina y Lawrence son dos americanos que viven en Londres. Él es un intelectual, experto en relaciones internacionales, que trabaja para un centro de investigación muy prestigioso y cercano al poder. Ella, que ha venido a Londres un poco a la zaga de Lawrence, ilustra libros para niños. Desde hace cinco años, el seis de...

Voltar

MUNDO POS-ANIVERSARIO, O

Livro

 R$49,90
 

TEMPO E DINHEIRO

Livro

 R$39,90
 

DUPLA FALTA

Livro

 R$39,90
 

PRECISAMOS FALAR SOBRE O KEVIN (CAPA DO FILME)

Livro

 R$34,90
 

GRANDE IRMAO

Livro

 R$29,90
 

WE NEED TO TALK ABOUT KEVIN, MOVIE TIE-IN

Livro

 R$36,20
 

BIG BROTHER

Livro

 R$65,10
 

SO MUCH FOR THAT

Livro

 R$74,80
 

SO MUCH FOR THAT

Livro

 R$62,70
 

SO MUCH FOR THAT

Livro

 R$54,80
 

WE NEED TO TALK ABOUT KEVIN

Livro

 R$39,80
 

SO MUCH FOR THAT

Livro

 R$36,20
 

LIEBESPAARUNGEN

Livro

 R$37,00
 

WIR MUSSEN UBER KEVIN REDEN

Livro

 R$37,00
 

DIESES LEBEN, DAS WIR HABEN

Livro

 R$74,10
 

NEW REPUBLIC, THE

Livro

 R$65,10
 

WE NEED TO TALK ABOUT KEVIN

Livro

 R$36,20
 

POST-BIRTHDAY WORLD, THE

Livro

 R$62,60
 

POST-BIRTHDAY WORLD, THE

Livro

 R$62,60
 

PERFECTLY GOOD FAMILY, A

Livro

 R$33,80
 

GAME CONTROL

Livro

 R$33,70
 

POST-BIRTHDAY WORLD, THE

Livro

 R$36,20
 

POST-BIRTHDAY WORLD, THE

Livro

 R$44,80
 

DOUBLE FAULT

Livro

 R$33,80
 

FEMALE OF THE SPECIES, THE

Livro

 R$36,20
 

CHECKER AND THE DERAILLEURS

Livro

 R$33,80
 

GAME CONTROL

Livro

 R$44,80
 

PERFECTLY GOOD FAMILY, A

Livro

 R$39,80
 

SO MUCH FOR THAT

Livro

 R$62,70
 

MUNDO DESPUES DEL CUMPLEANOS, EL

Livro

 R$96,40
 
Avançar

Produtos Relacionados

PRECISAMOS FALAR SOBRE O KEVIN (CAPA DO FILME)

Kevin Khatchadourian, 16 anos, é autor de uma chacina na qual matou sete colegas, uma professora e um servente num colégio dos EUA. Neste livro, a autora fez um thriller psicanalítico em que a mãe do assassino escreve cartas ao pai ausente. Discute casamento, maternidade e família, enquanto busca denunciar o que há com...

DOBBIAMO PARLARE DI KEVIN

Livro

 R$44,60
 

PRECISAMOS FALAR SOBRE O KEVIN (CAPA DO FILME)

Livro

 R$34,90
 
ATENÇÃO
Os preços dos produtos estão sujeitos a alteração sem prévia comunicação.
Os pedidos ficam condicionados a disponibilidade do estoque da Livraria Cultura e de nossos fornecedores (editoras e distribuidores).

Tags desse produto

CHACINA (1) , COLEGIO (1) , EPISTOLAR (1) , FLIP 2010 (1) , KEVIN KHATCHADOURIAN (1) , MAIS CULTURA POR MENOS 2011 (1) , MARTHA MEDEIROS (1) , MATOU (1) , SOCIEDADE DE CONSUMO (1) , SOCIEDADE NORTE-AMERICANA (1)

Minhas tags para esse produto

Para atribuir suas Tags para este produto, clique aqui e faça seu login.

Últimos produtos visualizados

Quer saber o que andou olhando?

PRECISAMOS FALAR SOBRE O KEVIN

Kevin Khatchadourian, 16 anos, é autor de uma chacina na qual matou sete colegas, uma professora e um servente num colégio dos EUA. Neste livro, a autora fez um thriller psicanalítico em que a mãe do assassino escreve cartas ao pai ausente. Discute casamento, maternidade e família, enquanto denuncia o que há com sociedades...

  • Livro

    PRECISAMOS FALAR SOBRE...

    LIONEL SHRIVER

    Esgotado no Fornecedor
     

Fique atento! A disponibilidade de estoque de alguns produtos não é a mesma no site e nas lojas físicas. Os preços e condições aqui indicados são válidos apenas para compras online.
Em nossas lojas, por favor, consulte um vendedor.

Livraria Cultura S/A | www.livrariacultura.com.br | Av. Paulista 2073, Ed. Horsa II, 8º andar, Cerqueira Cesar, CEP 01311-940, São Paulo - SP - Brasil
CNPJ 62.410.352/0001-72 | IE 111.133.781.116 | PABX 11 3170-4033

Livraria Cultura

Todos os direitos reservados. Copyrights 2014.