Menu
Todo o site em 10x Sem Juros - Clique e confira o regulamento

CAÇADOR DE PIPAS, O

Formato: Livro

Autor: HOSSEINI, KHALED

Idioma: PORTUGUES

Editora: NOVA FRONTEIRA -

Assunto: LITERATURA ESTRANGEIRA

ESGOTADO NO FORNECEDOR

Disponibilidade

Como funciona nossa entrega

Esgotado no fornecedor

Agora você pode participar do nosso site inserindo seus vídeos, suas imagens e links para seu blog ou website. Clique nos ícones ao lado e participe!

Especificações Tecnicas

ISBN:

ISBN-13:

Idioma: português

Encadernação: Brochura

Altura: 23 cm

Largura: 16 cm

Edição:

Ano de Lançamento: 2005

Número de páginas: 368

Sinopse

'O caçador de pipas' conta a história de Amir, um afegão há muito imigrado para os Estados Unidos, que se vê obrigado a acertar as contas com o passado e retorna a seu país de origem. O ponto de partida do livro é a infância do protagonista, quando Cabul ainda não era a capital do país que foi invadido pela União Soviética, dominado pelos talibãs e subjugado pelos Estados Unidos.

  • 100 Opiniões:

    Opine
  • 09/05/2012

    Suzana.

    O livro retrata a estória de uma amizade, seus conflitos, preconceitos e segredos. É uma leitura fácil e prazerosa. Recomendo!!

  • 22/12/2010

    M. Lívia

    meu Deus, como uma pessoa pode n gostar desse livro?! ele é simplismente o melhor q existeeee! hahaahha só fco triste pelo autor só ter escrito Cidade do sol além de Caçador de Pipas, que por sinal tb é óootimo!!!

  • 14/10/2010

    Nara Sousa de Andrade

    Sem dúvida, o melhor livro que já li. É emocionante, toca profundamente no coração pelo drama que é a vida do garoto, enfrentar a ausência da mãe e conviver com o pai e o seu meio-irmão(que ele não sabia que era) e ainda sofrer ao ter que sair às pressas de seu país para ir morar num lugar completamente novo e desconhecido. Enfrentar a perda do pai, conhecer uma mulher maravilhosa e que o ama tanto quanto ele a ama e não poder dar lhe a satisfação de ter filhos, e no final de tudo, sofrer tentando conseguir a guarda de seu sobrinho que passou maus bocados nas mãos de pedófilos, assim como seu pai foi abusado sexualmente na infância.
    Enfim, O Caçador De Pipas é um livro que nos coloca frente a frente com a dor e o sofrimento das pessoas e a superação e que no final todos podem ser felizes e ter uma vida digna.

  • 20/05/2010

    Felipe Lucchesi

    Quem ainda não leu, deve ler!!!!
    O Caçador de Pipas, é muito mais que um mero livro. Ele é uma grande lição de vida e acima de tudo, uma história envolvente!!!!!

  • 03/04/2010

    marta nascimento

    Achei-o covarde. Nada do que ele fez pra frente me faz esquecer a sua covardia. Só isso.

  • 17/03/2010

    adriana

    uma história que narra, a infância, a ingenuidade, a esperteza, a cultura, os interesses políticos e muito mais,é narrado com muita clareza; momentos que nos faz chorar e refletir, um dia com ctz. vamos encontrar o nosso destino sendo assim vamos ter que enfrentar alguns problemas e ter a capacidade e dicernimento de resolver.

  • 20/01/2010

    André Souza

    Esse livro é daqueles que você realmente não quer parar de ler, afinal a leitura é muito mais muito agradavel. Não é a toa que foi o campeão de vendas em todo o Brasil, deixando para trás livros de autores consagrados como, Dan Brow,Stephenie Meyer entre outros., e é por isso que este é um dos melhores livros que já li.
    Bom se tratando de um dos Best Sellers mais falados nacionalmente quanto internacionalmente, acredito que muitas pessoas já devam ter lido,mas como em tudo á excessões, para aqueles que não leram é recomendadíssimo.

  • 14/12/2009

    Ricardo

    Livro forte, com um texto ágil e que nos emociona em diverso momentos. A saga das personagens principais,embutida no dia a dia de um Afeganistão caótico em todos os períodos de sua história moderna, resulta em uma obra de vulto, digna (diferentemente de outros best sellers) de ser qualificada como de referência.

  • 11/10/2009

    Felipe Crispi

    O ponto mais forte do livro é a apresentação da cultura e história Iraquiana que até então era bastante estranha para nós. Não que sejamos hoje reais conhecedores, mas desde então houve uma série de livros e matérias jornalísticas sobre o tema. Esse foi praticamente o primeiro de uma série de livros sobre o lugar.

    Critica completa em: http://instanteliterario.wordpress.com/2009/10/11/o-cacador-de-pipas/

  • 25/09/2009

    Adriana Figueirôa

    Lindo! Apaixonante!
    O CAÇADOR DE PIPAS é um daqueles livros que marcam nossa vida. A culpa e o amor são sentimentos que marcam a vida da personagem principal, que se liberta do passado ao se entregar, sem medo, à vida.

  • 03/09/2009

    severino alves dos santos

    O caçador de pipas retrata com muito carinho e muita realidade a vida de pessoas pobres e ricas que vivem em paises conturbado pelas guerras e pela violencia contra os direitos humanos, poderia muito bem ser um livro de cabeceira da maioria desses vil governantes desiquilibrados, onde a vida do ser humano não vale nada.

  • 04/08/2009

    Murilo Pereira Matias

    Este livro me emocionou demais, a amizade quase devotada de Hassan por Amir é um elemento que marcou minha impressão, além de episódios e o cotidiano do povo afegão.
    Enfim, é uma excelente leitura, emocionante e envolvente.

  • 03/07/2009

    Jota

    Não há dúvidas sobre a popularidade de O caçador de pipas. Uma história cativante do início ao fim. O autor desenvolve o livro com perfeita maestria, a história é cativante. O caçador de Pipas é, sem dúvida alguma, um dos melhores livros que já pelos temas abordados e a forma como foram retrados. Recomendo!

  • 21/06/2009

    Magnólia Botêlho

    Este livro retrata a realidade vivida pela população do oriente médio. Além de ser um livro de entretenimento,é também reflexivo, pois podemos pensar e refletir os acontecimento reais e posturas dos personagens. Adorei!

  • 15/06/2009

    Arilson Almada

    Como não se lembrar da simplicidade de ''Hassan'', da negligência e redenção de ''Amir'' e dos segredos de ''baba''? Muito mais que um best-seller, este livro é uma apresentação confiável do Afeganistão e de seu estilo de vida.

    Para quem já leu o clássico ''Morro dos Ventos Uivantes'' qualquer semelhança entre ''Amir'' e ''Heatcliff'' talves não seja mera coincidência.

  • 04/05/2009

    Eliane Iunzkoski

    O melhor livro que já li. A vontade era não parar de ler. Os detalhes, as cenas tristes e surpreendentes, a inocência, a maldade, a amizade, são características marcantes...
    Já o filme, decepciona, pois omite detalhes importantes da estória.

  • 21/04/2009

    Regina

    Li por ter estado na lista dos mais vendidos. O início até que é envolvente, mas a partir da metade começa a ficar maçante.

  • 18/02/2009

    José Marcos

    Amir,um ati-herói bastante coplexo que Kahled dá vida nas páginas deste livro... Simplesmente muito bom.! Qualquer comentário não eh suficiente!

  • 08/12/2008

    André Soares

    Realmente, há muitos detalhes da vida no Afeganistão e muita emoção no livro, com uma história bem original e repleta de fatos que prendem a atenção.

  • 29/09/2008

    Arcelino C. Pereira

    Se reconhece um bom livro pelos detalhes. Além de ser emocionante, o Caçador de Pipas é rico em detalhes.

  • 20/08/2008

    Gabriela

    Alguma vezes me perguntei por que continuava lendo um livro que me deixava tão triste, mas a narrativa é tão natural que é difícil parar de lê-lo. Uma história emocionante, com partes incrivelmente inesperadas.

  • 02/08/2008

    Lucas Orlandi

    Podemos dizer que esse é um ótimo livro.
    Os personagens são muito bem detalhados, os lugares.
    História envolvente.
    Uma ótima estréia.
    Recomendo a todos que se forem ver o filme, leiam o livro antes.

  • 22/06/2008

    carlos antonio lopes

    A narrativa mostra que emoções são sempre tão intensas qualquer que seja a religião ou cultura e que, felizmente para a espécie humana, os fanáticos religiosos raramente tomam o poder.

  • 17/05/2008

    Marcos

    O autor começa com uma história envolvente, um mundo assustador visto pelos olhos de duas crianças... Mas do meio para o final, cede à tentação de dar ritmo de cinema ao texto. Aparecem situações inverossímeis que só mesmo Hollywood poderia suportar. A forma como o personagem principal resgata a própria alma na figura de um menino, vai bem até o momento em que ele tem que lutar para salvar a criança. Aí começa a marmelada.

  • 16/05/2008

    leandra

    Há, muito tempo nao lia algo assim tao expressivo e claro sentimentalmente, onde se viaja no universo da psique humana e nas verdades que nao queremos aceitar.

  • 12/04/2008

    Cida

    Resolvi ler por ser um livro que estava muito recomendado, mas me decepcionei. A primeira parte (a das crianças) é muito boa, realmente prende a atenção, é muito boa, mas a segunda parte é muito chata, realmente, só li até o final esperando que em algum momento a história se tornasse menos maçante, o que não aconteceu.

  • 12/04/2008

    Francis Toyama

    Leitura agradável. Estória comovente. Este livro nos faz pensar sobre as nossas atitudes e suas inevitáveis conseqüências. As alegrias (ou dores) que um breve momento pode deixar em nossas vidas, alterando o rumo desta para sempre. Fantasmas do passado que nos perseguem, o remorso que nos sufoca: o terrível sentimento de culpa. Diz o dito popular, ''aqui se faz, aqui se paga''. A roteiro da vida - escrito em linhas tortas - dá voltas e voltas, e as coicidências não são apenas coincidências. O momento presente é fruto que se colhe. E às vezes este fruto é venenoso. E às vezes o veneno é remédio: remedia a semente podre que um dia se plantou.

  • 01/04/2008

    Lívia

    Eu gosto muito de ler, por isso já li muitos livros, mas de todos que já li o que eu mais gostei foi o ''Caçador de Pipas'', sou apaixona pela historia, pelos personagens, por tudo, do começo ao fim. Amo o escritor desse livro Khaled Hosseini, gosto do jeito que ele conta suas historias. Publicado ele só tem 2 livros até agora, O Caçador de Pipas e Cidade do Sol, que é outro livro lindo, amo muito também! Caraa, recomendo, leia os dois livros são muito bons. Eu não vejo a hora do Khaled Hosseini escrever outro livro, fato que comprarei para ler, e tenho certeza que será tão bom quanto os outros, mas nunca substituirá caçador de pipas, pois ele é o tipo de história que fica pra sempre na nossa cabeça e no coração!
    Só digo uma coisa, quem não leu ainda, leia logo, não sabe o que ta perdendo! Um beijo para todos que lerem o meu comentário! :*

  • 29/03/2008

    Karla Regiane

    Esse livro é o tipo de livro que jamais vc esqueçe ele é escrito na medida certa sem + nem - .
    simplesmente PERFEITO!

  • 28/03/2008

    Margaret Gavilanes

    É uma linda história que envolve sentimentos contraditórios,costumes e tradições, guerra, inconsequências, família, fanatismo religioso, dentre outros temas, envolvente desde as primeiras páginas.Imperdível.É impossível não ver o mundo e a humanidade sob outro ângulo depois de ler esse livro.

  • 17/03/2008

    Diego Ferreira

    esse livro é fantástico,uo seja,indispensável,para quem é apaixonado em literatura Estrangeira-Romances.Meu próximo será,O Caçador de Pipas.Parabéns,Khaled Hosseini.

  • 06/03/2008

    patricia coelho

    Não existe livro de romance melhor que esse, meu 2º passo é comprar a cidade do sol, acredito que será tão excelente quanto este.

  • 03/03/2008

    Letícia

    É um livro cheio de emoções fortes. Uma bela história envolvente. Nota dez pra esse livro.

  • 27/02/2008

    Andrea Marquioli

    Leitura indispensável. A riqueza de detalhes da narrativa torna a história ainda mais surpreendente a cada capítulo. Uma verdadeira lição de vida!

  • 26/02/2008

    Maria Tereza

    O LIVRO É MUITO BOM ,O PROTAGONISTA É BEM HUMANO E A SUA HISTÓRIA NOS PRENDE DO ÍNICIO AO FIM. É INTERESSANTE O RUMO QUE A HISTÓRIA TOMA,E QUE ME FAZ FICAR MUITO EMOCIONADA.ADORE TER DEDICADO O MEU TEMPO LENDO ESTE LIVRO TÃO BOM!!!!!!!!!!!

  • 22/02/2008

    Ronan Teixeira

    Uma narrativa daquelas de prender o leitor, apesar do excesso descritivo em algumas passagens. A estória é realmente emocionante, especialmente nas partes em que o autor consegue surpreender o leitor com os rumos da narrativa.

  • 21/02/2008

    alberto menezes

    muito bom!!
    um livro que emociona,que prende o leitor ja nos primeiros capitulos.. vale apena!!

  • 12/02/2008

    Nadia B. (ETECA)

    Li ''O Caçador de pipas'' e ''A Cidade do Sol'', ambos do mesmo autor nas minhas férias por curiosidade, pois não estava fazendo nada, mas a partir do momento que li os dois, não conseguia mais parar...

    ''O Caçador de pipas'' me emocionou do começo ao fim. O autor conseguiu transmitir a nós, leitores, todos os sentimentos que as personagens sentiam, e nos fez imaginar o mundo em que eles viviam.
    Em uma linguagem simples, mas com conteúdo, o autor conseguiu emocionar a muitas pessoas, e eu fui uma delas.
    Depois de umas semanas eu fui ver o filme. Gostei muito, mas tudo que passava na tela eu lembrava do livro com muito mais detalhes.
    Após esse livro li outros, porém, sempre lembrava do ''O caçador de pipas''...

  • 16/01/2008

    Rodrigo Santos Cunha - Florianopolis

    Lição de coragem e ''trairagem''...revela um lado de preconceito e ira tbm...O que mais me impressionou foi a diferença de cultura e valores que fica clara entre EUA e Afeganistao. Retrata tbm a vida de imigrantes na América...
    Manda vê...é obra pra todas idades!!!!
    ABç

  • 09/01/2008

    JÉSSICA

    ESSE LIVRO ME EMOCIONOU MUITO,LIA SEMPRE DE MADRUGADA,POIS NÃO TINHA TEMPO,MAIS MESMO TENDO LIDO TUDO LI OUTRA VEZ...

  • 12/12/2007

    Lucas Barbieri

    Um dos melhores romances que ja lí...
    Uma fantástica lição de vida, que me fez rever alguns conceitos pessoais, onde a coragem para enfrentar alguns obstáculos e desafios deve vir antes da razão.
    O livro faz um check-list geral de nossas consciências, além de uma maravilhosa história.
    Em seu início apresenta-se um pouco apático, mas a leitura deve ser prosseguida pois valerá eternos momentos de prazer.

  • 02/12/2007

    Juliana Simões

    Fantástico! O livro nos situa e dá uma noção geral dos costumes,da cultura e da história do Afeganistão,país que só ganhou conhecimento para,creio eu,a maioria das pessoas no mundo depois do ataque terrorista ao WTC,em 2001.
    Confesso que é bem difícil me emocionar com leitura de um livro,mas este se superou:além de realizar essa façanha, ainda me fez refletir por um bom tempo sobre a vida que cada um tem a partir das escolhas que faz,entre outras questões.Quantos Hassans ainda existem na Terra?...
    E será que reconhecemos o Amir que um dia possa ter existido em nós?

  • 23/11/2007

    Diogo Kaupatez

    Khaled Hosseini, nosso querido Beto Barbosa afegão, escreve um romancezinho água-com-açúcar, bem ao gosto popular. A parte das crianças, a primeira metade, tem profundidade. Já a segunda é um novelão: espancamentos, códigos de honra esdrúxulos, execuções sumárias, cenas exageradas, os talibãs como grandes demônios exalando enxofre.
    Caça-níquel de qualidade média. O pior mesmo foi ter desencadeado o gênero ''literatura de burca''. Coragem!

  • 22/10/2007

    Roseli Rocha

    Khaled Hosseini, mostra um país, onde duas crianças de etnia , sociedade e religião diferentes, conseguem ser amigas, Hassan e Amir, no inverno de 1975, um triste acontecemento afasta-os e só 20 depois, volta Amir à sua terra, para livrar sua consciência pelo que viu acontecer ao amigo Hassan. Amor é o que chama atenção nesse livro, o remorso, faz com que renasça a lealdade a uma amizade que se perdeu no tempo. Preconceitos, poder e posição social, tudo cai por terra, quando um país caí em mãos radicais.

  • 20/10/2007

    annia

    eu tenho 12 anos, li o caçador de pipas com 12, desde esse divino acontecimento já o reli 3 vezes.
    é uma história que me marcou, e hoje eu sei empinar pipa, todas as 34 divisoes do afeganistao, quais suas etnias e etc..
    recomendo que também leiam a cidade do sol
    ps:em inglês é mil sóis explendidos, esse título é baseado em um poema de um grande poeta afegão chamado Háfez

  • 11/10/2007

    Maria Clara Parra

    Um livro tocante e maravilhoso. Uma realidade dura descrita de uma forma absolutamente inesquecível.

  • 07/10/2007

    Tania

    Um dos melhores livros que já li. O melhor do gênero. Chegou a me dar muita tristeza quando acabou. Já reli várias passagens.
    Não dá pra perder.

  • 06/09/2007

    Camila Botelho

    Lindo e comovente.
    Desperta vários sentimentos (bons e ruins) ao longo da narrativa.
    dá a impressão de estarmos vivendo a história.
    um dos melhores livros, se não o melhor, que já li.
    Recomendo sem dúvidas!

  • 29/08/2007

    Cecilia R. Lee

    Com certeza, faz jús a categoria de best-seller, além do que a história resgata valores, como redenção, bondade, lealdade entre outros que estão sendo esquecidos hoje em dia.
    O enredo me prendeu do começo ao fim, como poucos livros. Me envolvi de tal maneira, que os sentimentos ainda estão aflorando em mim, mesmo após ter terminado de lê-lo. A leitura se torna rápida e prazerosa, pois os acontecimentos dos fatos e das revelações fazem com que o leitor continue acompanhando a história de modo a parecer estar ouvindo alguém muito próximo relatando à você.

  • 10/08/2007

    Viviane C. Novaes

    Que lindo! Como é bom reviver sentimentos profundos e sinceros. Quanta beleza em uma única obra.

  • 28/07/2007

    Marcelo

    Estou começando a lê-lo e estou adorando. Uma cena que mais me tocou, foi quando Amir esconda umas notas de dinheiro e um relógio que tinha ganhado no seu aniversário, em baixo da cama de Hassan. Nessa cena, confesso que fiquei com pena de Hassan. Um livro passa-tempo maravilhoso!

  • 16/07/2007

    .pri.

    Leria esse livro mil vezes.

  • 03/07/2007

    Elisabeth Saldanha

    Uma narrativa muito eloquente, que narra a frágil relação
    entre pais e filhos e entre o seres humanos e seus medos
    entre amizade e traição, emocionante do começo ao fim,
    gostei tanto que recomendo, Apesar de serem etnias e sociedades diferentes, eles tiveram uma infância em comum
    com brincadeiras e o laço que os uneo é muito forte, vale
    conferir.

  • 25/06/2007

    andrew calil

    gostei muito de tudo que li ....

    o desenvolvimento perfeito..

    recomendo !!!!

  • 25/06/2007

    Gisele Almeida

    Gostei muito do livro O Caçador de Pipas, por retratar a amizade, principalmente a lealdade, e por que não arrependimento e a possibilidade de se redimir pelos erros do passado, num ambiente de guerra que sugere a mim ser tão frio

  • 30/05/2007

    Rogerio Salles

    Gostei do livro e me comovi. Como me comovo com alguns filmes ou livros bem escritos e ageis, como este. Leitura para passar o tempo, para descansar, para relaxar. Livro eh diversao, sem duvida nenhuma, mas para mim, alem de diversao, o livro deve acrescentar algo novo. Deve conter alguma coisa que eu jamais houvesse lido. O autor deve me surpreender com uma sensibilidade unica. Com uma forma de escrever original. Deve agregar-me algo. O texto comove, mas eh novela sentimental. Aprende-se pouco sobre a cultura islamica e sobre seus regimes. Obviamente a intencao do autor nao foi nos passar o oriente medio como ele realmente eh, e sim apenas nos angustiar com algumas passagens de horror ao longo do texto. De qualquer maneira, eh uma bela estoria. Mas somente uma bela estoria.

  • 16/04/2007

    Ari Kempenich

    Trata-se de um dos melhores livros que já li. Sua leitura é rápida e muito gostosa. Mostra um herói com suas qualidades e defeitos, como todos nós. Excelente passatempo.

  • 22/03/2007

    Caio Mario Britto

    Um romance atual, despretensioso e extraordinário que mistura a ternura e os mistérios das ''Mil e uma noites'' à crueza sangrenta das mil e uma guerras; as fábulas, às realidades de um povo docemente rude e profundo em sua alma mística. Um romance que certamente vai ser sorvido até a última letra, juntamente com o conteúdo daquele cálice mágico de lágrimas e pérolas.
    Khaled Hosseini transformou ''O caçador de pipas'' numa elegia à amizade, lapidada em suas mil nuances: amor, ódio, vileza, traição, vergonha, fidelidade...

  • 27/02/2007

    Carla Perfoll Ferrari

    Foi um dos livros que mais me emocionou até hoje, e olha que leio desde criança. Uma frase dele guardarei para sempre:''Por você, faria isso mil vezes.''

  • 15/02/2007

    Cláudia

    Um livro que começa bem mas que no final troca o sentimento por um enredo cheio tramas improváveis... parece um filme americano.

  • 30/01/2007

    NEY ANDERSON

    ESSE FOI SEM DUVIDA UM DOS MELHORES LIVROS QUE LI NA MINHA VIDA,A SIMPLICIDADE DOS FATOS PRENDEM O LEITOR ATÉ A ULTIMA PAGINA, VALE MUITO COMPRAR ESSE LIVRO,EU ESTOU ESCREVENDO UM LIVRO TAMBÊM E SEI COMO É DIFICIL,POR ISSO DIGO E REPITO VALE MUITO APENA.

  • 20/01/2007

    Felipe de queiroz

    Quando li O CAÇADOR DE PIPAS fiquei que um pouco triste com que rumo os acontecimentos levaram a um final tão simples ...
    esse livro nada mais é do que uma lição de como nós devemos dar valor aos amigos principalmente os verdadeiros .
    além de mostrar a realidade do povo do oriente médio .

  • 15/01/2007

    Juliana

    Sem dúvida, um livro que ficará para sempre marcado em minha memória.

  • 05/01/2007

    maria gomes soares

    é um livro devorável! a cada pagina que você ler,são detalhes perfeitos!e a historia é linda!trata-se da cultura afegã ,sentimentos ,medos,amor,rejeição,perfeito para refletirmos sobre traumas de nossas vidas!o livro é simplesmente maravilhoso!!!

  • 28/12/2006

    Isabela Buarque

    A princípio já tinha ouvido falar deste livro, mas nunca me interessei por ele. Quando fui na Livraria Cultura uma atendente me indicou e eu resolvi arriscar. Vou ser sincera, quando li o livro também chorei várias vezes! Ele é realmente emocionante e conta a amizade de dois adolescentes: Amir e Hassan, de uma forma tão espetacular e ao mesmo tempo tão natural. O autor nos faz interagir com a história. É realmente uma lição de vida, de amizade e de arrependimento que precisa ser valorizada nos dias de hoje. Me emocionei muito como já disse e queria ressaltar que tenho apenas 13 anos de idade, esta também é uma prova que o livro pode e deve ser lido por pessoas com diferentes faixa etárias! Ele não é cansativo, nem enjoado, é gostoso de ler.

  • 27/12/2006

    Adriana Chaves

    Já fazia um tempo que nada na literatura me comovia. Tinha ouvido falar deste livro que veio parar em minhas maõs por empréstimo. Em geral, repudiu as publicações ovacionadas por razões tão óbvias que não vejo necessidade de comentar aqui. O Caçador de Pipas, no entanto, foi a maior surpresa que tive nos últimos tempos. O interessante é que o livro é totalmente despretensioso. Não parece ter a intenção de falar sobre a história e a sociedade de uma parte turbulenta do mundo, nem sobre os sentimentos conflitantes que impregnam o ser humano. Não parece, mas faz isso tudo. Além, é claro, de contar a história de dois amigos separados por uma tragédia e 'reunidos' por outra.
    Eu assumo que caí em lágrimas várias vezes durante a leitura - iniciada e concluída em menos de 24 horas - e fiquei febril ao terminar.

    Preciso ler mais algumas vezes. Minha primeira impressão, porém, foi marcante!
    Vou ler uma seguda fez.

  • 27/12/2006

    S. M. Spiegel

    O que realmente manteve meu interesse no livro foram as descrições sobre o Afeganistão e seu povo, que dão um toque original à estória de um homem que precisa redimir seu passado. Além disso o relacionamento entre os meninos é muito bem desenvolvido. Porém confesso que gostaria que o personagem de Hassan fosse um pouco mais explorado. Apenas em algumas poucas linhas ele demonstra mais personalidade que um escravo feliz que não quer nada além de servir seus superiores.

  • 14/11/2006

    Raquel M Bertini

    Li este livro durante os dias de Carnaval e por diversas vezes ainda me pego pensando em seus personagens, seus dramas e suas vidas. Sem dúvida é um livro marcante e intenso. Imperdível!

  • 05/11/2006

    maria da gloria lins silva / bhz

    Todo o livro é uma emoção só, ou varias emoções, porque cada drama é uma emoção à parte. Fica o maior suspense para se saber do resto da estória, depois do ocorrido no capítulo 7. Porque o 8 é um tanto descritivo do lugar e do passeio a Jalalabad. Emocionante o capítulo 13. Idem o final do 17: angustiante. Também as páginas 222/223. O encontro com o Afeganistão na p.240. Lindo! Quanto suspense! Tudo acontece, dá um tempo e lá vem um suspense de novo! Emocionante mesmo! Fortes as lembranças das p.261/262. A da p.345 é forte... O carinho de Soraya na p.351 dá lágrimas, como nas p.362/363... Aprende-se várias palavras e expressões da língua afegã usada a todo momento no original. Várias lições ficam, mas a mais forte talvez seja a de que se deve consertar o erro tão logo se tome conhecimento dele. Se não, pode haver um efeito dominó devastador e sem volta...

  • 02/11/2006

    Fábio Orlandini

    Sei que há milhões de depoimentos mas gostaria de deixar o meu. Um livro excepcional. Tocante, triste realmente, mas que nos deixa uma esperança: a mudança no ser humano pode ocorrer, depende de cada um. Não pensem duas vezes antes de começar a ler, não irão se arrepender!

  • 24/10/2006

    BENTO AUGUSTO DA SILVA MIRANDA

    Esse livro retrata de uma forma convincente a triste e estraçalhada cultura Afegã. É um livro sensacional, intrigante e acima de tudo muito tramado. Sem duvidas merece estar entre os mais vendidos.

  • 20/10/2006

    Elaine Acioly

    sem dúvidas esse é o livro do ano,simplesmente maravilhos! só quem ja leu sabe o que eu estou falando,o autor não deixou passar nada...cada detalhe fazia um diferença imensa no texto.
    eu fiquei apaixonada pelo livro e recomendei a todos os meus amigos,é tanto que ja o li 2 vezes!!

  • 11/10/2006

    patricia izabel

    nao tenho palavras para dizer o quanto esse livro é bom!
    pra falar a verdade eu nao sou muito fã de ficar lendo livros,mas quando começei a ler este livro fiquei vidrada, era como se nao existisse mais nada a minha volta!eu começava a fazer parte daquela historia, e viver todos aqueles momentos!como se o personagem fosse eu!
    vc entra em outro mundo, é um livro q me faz viajar
    nao conseguia mas parar de lê!
    e cada pagina q eu lia eu me surpreendia mais e mais!
    esse livros sem duvida foi o melhor q eu li em toda a minha vida!eu que nem gosto de ler, fiquei encantado com este livro e acho q qualquer um iria gostar!
    só quem leu este livro pode imaginar a sensaçao q ele nos transmite!
    e quem ler concerteza dira o mesmo!!!

  • 13/09/2006

    Simone Fernandes Miletic

    O livro é triste. Não que tenha um final triste, pois até tem redenção.
    Mas é um livro triste. Que conta histórias tristes, muito parecidas com a vida de cada um de nós.
    O Campeonato de Caça às Pipas representa a busca de cada um de nós para fazer com que nossos pais nos olhem com orgulho ou amor.
    É triste mas é lindo, apaixonante.
    Livro daqueles de não se largar, de varar madrugada.
    Você torce, você chora, você viaja.
    E um livro que faz isso conosco é o que realmente vale a pena.

  • 09/09/2006

    Érica Leal Soares da Silva Barros

    É um livro comovente e que nos faz refletir sobre amizade, coragem. O leitor pode refletir também sobre as consequências da omissão.

  • 19/08/2006

    Luiz Pereira Júnior

    Depois de adquirir vários títulos específicos de minha profissão (professor de Literatura), em Recife, na Livraria Cultura, decidi comprar ''O Caçador de Pipas'' por impulso. Qual não foi a minha surpresa ao descobrir um livro que é simplesmente HUMANO, que fala sobre nossos erros, que choca e, ao mesmo tempo, enternece... Já recomendei ''O Caçador'' a todos os meus alunos do Ensino Médio e eles já estão loucos para lê-lo! Leia você também, não importando a sua idade, a sua classe social, a sua profissão...

  • 18/08/2006

    taynná Monteiro Gripp

    Muito, muito bom.... quando peguei pra ler indicado por uma grande amiga não me animei muito, achei que fosse falar de conflitos, e verdadeiramente fala, mas de conflitos pessoais, fala de mim e de cada leitor,porque fala de coisas que podem acontecer com qualquer um, resida ele na China, no Afeganistão ou no Brasil... fala de amor ao próximo e principalmente das consequências da falta dele! Excelente!!!

  • 29/07/2006

    Tatiana Custódio

    Confesso que resisti um pouco a ler este livro. O local onde se passava a história e o título não me cativaram: ia a livraria, tinha ele em minhas mãos, mas constantemente acabava optando por outra obra.

    Um dia um amigo me falou que adorou o livro e me emprestou. Devorei a obra em uns poucos dias. Cmprarei o livro pois desejo tê-lo em minha biblioteca.

    Vale a pena ler este livro: uma obra imperdível.

  • 11/07/2006

    Marcelle Muller

    Não é difícil saber por que este livro é um sucesso. Ele trata das relações mais íntimas que temos com o nosso mundo interno e com o que vive ao nosso redor. Relações de amizade, amor, alegrias e decepções.
    Emocionante do começo ao fim...

  • 26/06/2006

    Daniela

    A mais nítida impressão ao se ler este livro é que ele daria um ótimo roteiro de filme, daqueles bem recheados de ação, muita emoção, cores e sabores, potencial este que já foi descoberto pela indústria cinematográfica. Conhecer um pouco da cultura e história de um povo que tem uma realidade tão diferente da nossa e se emocionar com as reviravoltas do enredo, ainda que em alguns momentos pareçam exageradas (como em todo bom filme de emoção e aventura), são seus maiores trunfos. Por ser o primeiro livro do médico-autor, dá pra relevar os clichês e a linguagem simples que, talvez por isso, hipnotizam o leitor.

  • 28/05/2006

    Emanoel

    Este livro alem ter sido muito bem escrito nos leva a um turbilhão de sentimentos, vale a pena ler ''o melhor livro que li este ano. Recomendo!

  • 27/05/2006

    Aretha

    O livro é uma delícia de se ler!!! Chorei, ri, fiquei com raiva...é impossível não se envolver com a história,pois lida com questões muito próximas a nós e as trata com muita delicadeza e cuidado.

  • 24/05/2006

    Elaine

    Chorei muito...
    Vale a pena ler, não paro de pensar na lealdade das pessoas.
    Os personagens são lindos, especialmente Hassan...

  • 17/05/2006

    Marco Antonio Barreto

    Estou impressionado com o contexto e o desfecho da história. Traição, angústia, promessas e resgate de valores. Tudo isso pode ser encontrado nesta leitura formidável.

  • 09/05/2006

    Cristiane Michele Rodrigues

    ''UMA OBRA PRIMA''ESSE AUTOR MERGULHA NA PROFUNDEZA,DE TODOS SENTIMENTOS,QUE NOS VIVEMOS.
    ESSE LIVRO E PURA ESSÊNCIA,ENTÃO ESTE LIVRO DEVE SER LIDO.

  • 06/05/2006

    Nádia Duarte

    Ganhei de presente na minha formatura, em psicologia. Aproveitei e lí nas férias. É um livro envolvente, do tipo se quer terminar de ler no mesmo dia. O livro traz muita emoção e nos faz ter uma outra percepção do povo afegão.

  • 19/04/2006

    Marcos Ross

    É um livro maravilhoso e surpreendente!
    Quando você pensa que a história está no seu desfecho, aparece outra revelação. Difícil é conter as lágrimas nessa leitura.
    Sem dúvida nenhuma desbanca o código da vinci.É o maior best seller da atualidade!!!

  • 15/04/2006

    Laury Adati

    O fim do comunismo e a ascenção do regime Talebano: este é o contexto narrado no livro por Hosseini em que dois amigos (Amir e Hassan) de diferentes condições sociais, etnias e religiões tratam sentimentos universais como relação pai x filho; amizade; honra; devoção; lealdade; redenção; covardia; culpa e omissão. É uma história de uma sensibilidade humana no tocante ao amadurecimento,
    provocando comoção. Um alerta às crianças afegãs com pouca infância.

  • 11/04/2006

    Márcio A. F. Belo

    Muito bom este livro. Especialmente porque une, pela vivência do narrador, os mundos ocidental e oriental (Oriente Médio), seus costumes e modo de vida, de uma forma pura e informativa, sem exagerar nas diferenças.

  • 07/03/2006

    Marilu

    Adorei o livro. Li assim que ganhei. Recomendo a todos

  • 05/03/2006

    Camila

    coragem
    essa foi a palavra q me marcou em caçador de pipas
    enquanto Amir sucumbiu ao fracasso
    Hassan suepreendeu a mim leitora com sua coragem ao enfrentar as várias agressões tanto de seus inimigos quanto daquele que considerava seu amigo -AMIR-.
    Enfim, esse livro me marcou profundamente

  • 03/03/2006

    joabe fonseca

    estava desde outubro com um certo fastio literário. graças a deus caiu este livro em minhas mão. ele me fez voltar com tudo à pratica da leitura,que é uma coisa maravilhasa. aos que não tem medo de se apaixonar e chorar esse é o livro !!!

  • 25/01/2006

    Nathalie Campelo

    Falar que o livro O Caçador de Pipas é ótimo é muito pouco. Trata-se de um livro extraordinário, que nos permite pensar sobre vários aspectos: amizade, cultura, traição, amor, dor, solidariedade, bondade. Sem dúvida, foi um dos melhores, senão o melhor livro que li nos últimos anos.
    Nathalie

  • 19/01/2006

    Ivan Barroso

    Confesso que das infinidades de obras que li nos ultimos anos o obra ''o caçador de pipas'' é a que mais me tocou com sua narrativa que encanta e ao mesmo tempo nos deixa decepcionado por ver que a cada página que se passa mais próxima está do fim. Obras como ''O caçador de pipas'' não poderiam ter um fim e ser adicionada mais uma página a cada dia.

  • 07/01/2006

    Ricardo Zimmermann Lima

    Um tratado sobre, amor, fé, amizade, companheirismo, covardia, traição, denegação e remissão. Uma obra para tocar ao coração, enaltecendo uma amizade sem igual, entre dois Afegãos, Amir e Hassam, o primeiro, filho rico de um empresário afegão, o outro, filho de um caseiro. E ai, a história começa, num apanhado histórico do Afeganistão das mil e umas noites, a Atenas do Oriente Médio, até sua invasão pelos Russos, e posteriormente a tomado do poder pelos Talibãs, até guerra com os iperialistas Americanos. Uma história de amizade e covardia, em que Hassam, sofre no seu próprio corpo a desfaçatez e uma verdadeira amizade. Anos depois Amir tem a oportunidade da redenção, corrigir seu passado, o seu armagedom. E ai, mais uma vez o livro surpreende. Esta obra é um verdeiro viés garantista para os amantes de uma boa leitura, não apenas mais um romance, mas acima de tudo um aprendizado para a vida. Acertar as contas com o passado é algo difícil de ser suplantado.

  • 14/11/2005

    Fernanda

    Comprei o livro apenas pela leitura da contracapa e ao começar a leitura, simplesmente o devorei. Enquanto não acabei de ler a última linha não larguei o livro. Uma história emocionante que aborda sentimentos como amor, amizade, covardia, lealdade, arrependimento e remissão. É realmente uma história da qual me lembrarei por muito tempo. Pra quem gosta de boa leitura é um livro altamente recomendável.

  • 13/11/2005

    Deise Sterque

    Comprei o livro sem indicação alguma, apenas li a contracapa e achei o contexto interessante.
    Primeira obra deste autor, que de maneira sensível descreve em primeiro plano a amizade entre dois meninos afeganistãos, permeada por sentimentos como covardia, lealdade e amor, demonstrando ao longo do livro como as escolhas afetam o futuro de ambos.

  • 31/10/2005

    Gisele

    Uma história fascinante, cheia de sentimentos e de emoções gerados por atitudes de amizade, covardia, medo, frustações, incertezas e esperanças de resgatar suas próprias vidas após conhecer um Afeganistão devastado pela guerra. Muito emocionante, objetivo e sensível. Altamente recomendável.

  • 18/10/2005

    leila esteves soares

    Além da situação geográfica, histórica e política que o livro mostra de forma extraordinária, o livro nos faz refletir sobre os nossos medos,ansiedades e frustrações adquiridas na infância. Mostra que quando não é bem elaborada e resolvida a tempo, acaba por tornar-se um verdadeiro fantasma interior a nos acompanhar por muito tempo, até que a própria vida decida nos colocar frente à frente com tudo aquilo que nos vem perturbando e nos leve enxergar o nosso verdadeiro eu.

  • 14/09/2005

    Celso Zilbovicius

    Um Afeganistão diferente dos noticiários é o cenário de uma história narrada com emoção e cenas belíssimas.Uma permanente troca de culpa, amizade, carinho e curiosidade numa cultura até hoje desconhecida da maioria.Fantástico!

Vídeos Relacionados
Caçador de Pipas

Caçador de Pipas
Trailer o Caçador de Pipas

Trailer o Caçador de Pipas
Kite Runner movie making of

Kite Runner movie making of
O caçador de pipas

O caçador de pipas

Links Relacionados

Opinião do Leitor

  • 100 Opiniões:

    Opine
  • 09/05/2012

    Suzana.

    O livro retrata a estória de uma amizade, seus conflitos, preconceitos e segredos. É uma leitura fácil e prazerosa. Recomendo!!

  • 22/12/2010

    M. Lívia

    meu Deus, como uma pessoa pode n gostar desse livro?! ele é simplismente o melhor q existeeee! hahaahha só fco triste pelo autor só ter escrito Cidade do sol além de Caçador de Pipas, que por sinal tb é óootimo!!!

Outros Formatos

CAÇADOR DE PIPAS, O - EDIÇAO ESPECIAL ILUSTRADA

'O caçador de pipas' conta a história de Amir, um afegão há muito imigrado para os Estados Unidos, que se vê obrigado a acertar as contas com o passado e retorna a seu país de origem. O ponto de partida do livro é a infância do protagonista, quando Cabul ainda não era a capital do país que foi invadido pela União Soviética,...

CAÇADOR DE PIPAS, O

Quando garotos, Amir e Hassan eram amigos inseparáveis, até que um infeliz evento os separa. Anos depois, Amir vai abraçar uma perigosa missão para corrigir os erros do passado - e se redimir de maneira que jamais imaginou - demonstrando o máximo em coragem e devoção a seu amigo.

CAÇADOR DE PIPAS, O - EDIÇAO ESPECIAL ILUSTRADA

Livro

Esgotado no Fornecedor
 

CAÇADOR DE PIPAS, O

DVD

 R$15,90
 
ATENÇÃO
Os preços dos produtos estão sujeitos a alteração sem prévia comunicação.
Os pedidos ficam condicionados a disponibilidade do estoque da Livraria Cultura e de nossos fornecedores (editoras e distribuidores).

Tags desse produto

AFEGANISTAO (1) , AMIZADE (1) , CABUL (1) , CULPA (1) , LIVRO ADAPTADO PARA O CINEMA (1) , LIVRO QUE DEU ORIGEM A FILME (1) , ORIENTE MEDIO (1) , pipas (1)

Minhas tags para esse produto

Para atribuir suas Tags para este produto, clique aqui e faça seu login.

Últimos produtos visualizados

Quer saber o que andou olhando?

CAÇADOR DE PIPAS, O

'O caçador de pipas' conta a história de Amir, um afegão há muito imigrado para os Estados Unidos, que se vê obrigado a acertar as contas com o passado e retorna a seu país de origem. O ponto de partida do livro é a infância do protagonista, quando Cabul ainda não era a capital do país que foi invadido pela União Soviética,...

  • Livro

    CAÇADOR DE PIPAS, O

     

    Esgotado no Fornecedor
     

Fique atento! A disponibilidade de estoque de alguns produtos não é a mesma no site e nas lojas físicas. Os preços e condições aqui indicados são válidos apenas para compras online.
Em nossas lojas, por favor, consulte um vendedor.

Livraria Cultura S/A | www.livrariacultura.com.br | Av. Paulista 2073, Ed. Horsa II, 8º andar, Cerqueira Cesar, CEP 01311-940, São Paulo - SP - Brasil
CNPJ 62.410.352/0001-72 | IE 111.133.781.116 | PABX 11 3170-4033

Livraria Cultura

Todos os direitos reservados. Copyrights 2014.