Aguarde...

CORPOESIA



Produto disponível no mesmo dia no aplicativo Kobo, após a confirmação  do pagamento!

Sinopse

Quando dei início à poesia-puta (em 2014, se não me engano), fui muito criticado — como já era de se esperar; mas a poesia-puta não veio à tona pra outra coisa a não ser putaria, boemia e culto ao corpo. mais precisamente, corpoesia: essa afirmação da necessidade do corpo (algo que parece-me meio helenista) e a veneração ao corpo-pão, que mata a fome de sexo e desejo, de carinho e afeto, de amizade e reciprocidade; tudo passa pelo corpo. Platão também era corpo, era libido, e vejo, nesta nova onda de poesia-puta, uma veneração ao corpo: a poiesis que está grafada em cada milímetro do corpo humano, em cada poro, cada pelo e em cada gota de suor. Corpoesia é a admiração e o reconhecimento do corpo através da veneração do sexo — e Freud não me deixa mentir. Meu único pedido aos leitores é simples: durante a leitura, libidinem à vontade!...

Detalhes do Produto

    • Ano de Edição: 2018
    • Ano:  2016
    • País de Produção: Brazil
    • Código de Barras:  2001015282946
    • ISBN:  6569000005095

Avaliação dos Consumidores

ROLAR PARA O TOPO