Aguarde...
 

A VIDA COMO ELA E... EM SERIE



Produto disponível até 15min após 
a confirmação do pagamento!

Sinopse

Segundo os dicionários, a expressão "em série" significa algo que foi feito em grande quantidade e seguindo um único padrão. Nada mais apropriado, portanto, para se referir aos contos de "A vida como ela é...", coluna escrita por Nelson Rodrigues, nos anos 1950 e início dos anos 1960, totalizando uma década de publicações quase diárias.Essa espantosa capacidade de produção efetivamente seguia um único e exclusivo padrão: o de excelência. Não é à toa que tais narrativas fizeram tanto sucesso na época que vieram a público e até hoje conquistam mais e mais leitores, sofrem inúmeras adaptações, são conhecidíssimas e de uma atualidade impressionante.É por isso que para comemorar o centenário do autor trouxemos de volta ao público os cem contos escolhidos por ele para uma coletânea publicada pela primeira vez em 1961, pela editora Ozon. Em seguida, reunimos outros cem contos, até hoje inéditos em livro, tão expressivos e representativos dessa coluna quanto aqueles primeiros. Agora, com este A vida como ela é... em série estamos apresentando narrativas que vieram a público em coletâneas não mais disponíveis no mercado ao lado de outras que Nelson Rodrigues publicou em capítulos seriados, como pequenos folhetins. Pode-se dizer então que esta mais recente recolha desempenha uma dupla função: a de disponibilizar todos os textos dessa célebre coluna que em algum momento passaram do jornal para as páginas dos livros, nesses sessenta anos de tanto sucesso; e a de trazer o novo de novo, divulgando pela primeira vez cinco das narrativas mais extensas de "A vida como ela é...", histórias em capítulos que com certeza deixaram nos leitores da época um gostinho de quero mais e vão despertar nos de hoje a emoção de quem experimenta a leitura de uma prosa de excepcional qualidade.

Sobre o Autor

Nascido no dia 23 de agosto de 1912 em Pernambuco, no Recife, Nelson Rodrigues foi um grande escritor e jornalista. Aos 4 anos de idade, mudou-se para o Rio de Janeiro com sua família e, já adulto, trabalhou como jornalista no jornal A Manhã, cujo dono era seu oróprio pai. Ali, Rodrigues atuou principalmente na editoria de polícia, tendo acumulado experiência para escrever suas peças a respeito de sociedade. Sua primeira peça, intitulada A Mulher...
Veja todas as obras deste Autor.

Detalhes do Produto

Avaliação dos Consumidores

ROLAR PARA O TOPO