Aguarde...
 

POEMA SUJO



Produto disponível no mesmo dia no aplicativo Kobo, após a confirmação  do pagamento!

Sinopse

Poema clássico de Ferreira Gullar testa os limites da linguagem poética. Publicado originalmente em 1976, Poema sujo transformou a paisagem da poesia brasileira com sua torrente arrebatadora de versos, expressão máxima de uma subjetividade convulsa pela atmosfera sufocante da ditadura. O poema foi escrito na Argentina, onde o autor se encontrava exilado. "Sentia-me dentro de um cerco que se fechava. Decidi, então, escrever um poema que fosse o meu testemunho final, antes que me calassem para sempre", escreveu Gullar. "Imaginei que poderia vomitar, em escrita automática, sem ordem discursiva, a massa da experiência vivida - lançar o passado em golfadas sobre o papel e, a partir desse magma, construir o poema que encerraria a minha aventura biográfica e literária." Quarenta anos depois, o poema continua atual como nunca.

Sobre o Autor

Ferreira Gullar é o pseudônimo de José Ribamar Ferreira. Poeta, dramaturgo, jornalista, tradutor e crítico de artes plásticas, nasceu no Maranhão, em 1930. Aos 18 anos, trabalhou no Diário de São Luís e, um ano depois, publicou seu primeiro livro, Um Pouco Acima do Chão. Em 1951, trabalhou em revistas como Cruzeiro e Manchete e no Jornal do Brasil, no Rio de Janeiro. Gullar lançou o livro Luta Corporal em 1954. Participou do início do concretismo...
Veja todas as obras deste Autor.

Detalhes do Produto

    • Ano de Edição: 2016
    • Ano:  2016
    • País de Produção: Brazil
    • Código de Barras:  2001043432146
    • ISBN:  9788543806693

Avaliação dos Consumidores

ROLAR PARA O TOPO