Aguarde...
 

A BELA VELHICE



Produto disponível no mesmo dia no aplicativo Kobo, após a confirmação  do pagamento!

Sinopse

Uma das mais importantes referências em debates sobre relacionamentos e diferenças de gênero na cultura brasileira, a antropóloga Mirian Goldenberg tem se dedicado nos últimos anos ao estudo do envelhecimento de homens e mulheres. Todo ano, 700 mil indivíduos são incorporados a esse segmento da pirâmide etária. Como lidar com essa nova realidade que é o início do protagonismo dos velhos? Em seu novo livro, A bela velhice, a autora mostra que é possível experimentar o processo de envelhecimento com beleza, liberdade e felicidade. Mirian decidiu aprofundar a reflexão sobre o significado do envelhecimento na cultura brasileira. Sem apresentar mapas, segredos, fórmulas ou receitas, em cada capítulo do livro a antropóloga dedica-se a desenvolver as ideias mais importantes sobre os aspectos positivos para a conquista de uma "bela velhice" (sem deixar de discutir os aspectos negativos): encontrar um projeto de vida, buscar o significado da existência, valorizar a liberdade, almejar a felicidade, cultivar a amizade, viver intensamente o presente, aprender a dizer não, respeitar as vontades e paixões, vencer os medos, aceitar a própria idade e dar muitas risadas. Para Mirian, os "belos velhos" querem encontrar um significado para a última fase de suas vidas. O trabalho não é mais uma questão de sobrevivência material – eles não precisam mais, mas querem continuar estudando e trabalhando. A "bela velhice" é, afinal, o resultado natural de um "belo projeto de vida", que pode ser construído desde muito cedo, ou mesmo tardiamente, por cada um de nós: os velhos de hoje e os velhos de amanhã.

Detalhes do Produto

    • Formato:  ePub
    • Origem:  NACIONAL
    • Editora: RECORD
    • Assunto: Psicologia
    • Idioma: PORTUGUÊS
    • Ano de Edição: 2013
    • Ano:  2013
    • País de Produção: Brazil
    • Código de Barras:  2001073508934
    • ISBN:  9788501100429

Avaliação dos Consumidores

ROLAR PARA O TOPO