Aguarde...
 

A FILOSOFIA KARDECISTA SEGUNDO A BIBLIA



Produto disponível no mesmo dia no aplicativo Kobo, após a confirmação  do pagamento!

Sinopse

Um dos grandes fascínios do kardecismo está em oferecer aos que perderam seus entes queridos, a oportunidade de continuarem a manter comunicação com estes no além-túmulo. Outra coisa é que ele afirma ter como meta a transformação e a elevação da humanidade, tanto moral, intelectual, social, cultural e espiritualmente. Isso é louvável, mas não o suficiente, pois não devemos nos deixar nos levar por conceitos, mesmo que recheados de fragmentos bíblicos. A doutrina espírita através da reencarnação nos ensina que somos consequência daquilo que fomos no passado. Se podemos nos aperfeiçoar e nos tornarmos espírito de luz através de sucessivas reencarnações, por que até hoje cometemos os mesmos erros e o mundo não evoluiu ainda? Nos dias de hoje, temos notícias de religiões que procuram arrebanhar adeptos, utilizando, por vezes, bases bíblicas e outras vezes dizendo ser a essência do que havia se perdido com o passar dos tempos. Nesse trabalho, examinaremos alguns de seus ensinos doutrinários kardecistas sobre questões como Deus, Bíblia, Jesus Cristo, Espírito Santo entre outros. Será que a filosofia espírita contradiz os ensinos bíblicos? Se não contradiz, por que os cristãos não unem forças com os espíritas? Se contradiz, por que os espíritas, apesar das divergências, consideram que são os verdadeiros cristãos e seguem as orientações do Consolador prometido por Jesus? Quem é esse Consolador e qual é o seu papel em nosso meio? Nossa oração é que o Espírito Santo através desse trabalho possa trazer entendimento e discernimento àqueles que lerem essas linhas, podendo analisar os textos citados, utilizando o bom senso para responder essa e outras questões.

Detalhes do Produto

    • Edição:  2
    • Ano de Edição: 2015
    • Ano:  2016
    • País de Produção: Brazil
    • Código de Barras:  2001015279960
    • ISBN:  6569000001805

Avaliação dos Consumidores

ROLAR PARA O TOPO