Aguarde...

A TRANSFIGURAÇAO DO LUGAR-COMUM


Produto Indisponível

Veja mais títulos de História da Arte e Fotografia

Sinopse

Este ensaio examina a diferença ontológica entre trabalhos artísticos e objetos do cotidiano, à primeira vista indistinguíveis - especialmente após a consagração de tendências artísticas surgidas no século XX, como a arte conceitual, a arte pop, o minimalismo e a arte povera. Arthur C. Danto, professor emérito de Filosofia na Columbia University e crítico de arte do jornal The Nation, em linguagem ágil e bem-humorada raciocina sobre a forma crítica com que o espectador deve relacionar-se com o objeto. Usando como exemplos artistas do pós-guerra, entre eles, Barnett Newman, Claes Oldenburg, Andy Warhol e Roy Lichtenstein, também cita Velázquez, Hegel, Wittgenstein e Cézanne para falar da filosofia e da arte como contrastes para as noções que tentam definir o real.

Detalhes do Produto

    • Ano:  2006
    • País de Produção: Brazil
    • Código de Barras:  9788575034194
    • ISBN:  8575034197
    • Encadernação:  BROCHURA
    • Altura: 23.00 cm
    • Largura: 16.00 cm
    • Peso: 0.70 kg
    • Complemento:  NENHUM
    • Nº de Páginas:  312

Avaliação dos Consumidores

ROLAR PARA O TOPO