Aguarde...
 

A VERTIGEM DA MANEIRA

PINTURA E POS-VANGUARDA NA DECADA DE 80


Produto Indisponível

Veja mais títulos de História da Arte e Fotografia

Sinopse

O objetivo deste livro é rastrear o contexto pós-moderno nas artes através de um mapeamento analítico da obra de alguns pintores (entre eles, Julian Schnabel, David Salle e Eric Fischl), que não só despontaram em âmbito internacional naquele período como também vieram a demarcá-lo esteticamente. Talvez seja este o principal interesse do ensaio - situando os conceitos de vanguarda e pós-vanguarda do ponto de vista estético, Jorge Lúcio de Campos analisa o seu background histórico e apresenta a pintura euro-americana oitentista como herdeira de uma grande crise, em que o próprio discurso artístico foi posto em xeque, tendo desembocado - graças a um processo de crescente radicalização formal - numa espécie de esterilidade e apatia simbólicas.

Detalhes do Produto

    • Ano:  2002
    • País de Produção: Brazil
    • Código de Barras:  9788571062436
    • ISBN:  8571062439
    • Encadernação:  BROCHURA
    • Altura: 14.00 cm
    • Largura: 21.00 cm
    • Complemento:  NENHUM
    • Nº de Páginas:  110

Avaliação dos Consumidores

ROLAR PARA O TOPO