Aguarde...
 

EU FUI VERMEER


    de: R$ 54,90

    por: 

    R$ 30,10preço +cultura

    Produto disponível
    Entrega Foguete disponível.  
    Apenas 2 em estoque

     
    Frete grátis para compras acima de:
    Sul e Sudeste: R$ 99,00
    Centro-Oeste e Nordeste: R$ 109,00
    Norte: R$ 139,00
    Confira o regulamento

    Calcule prazo de entrega e frete:

     - 
    Este produto pode ser retirado em loja

    Aproveite e compre junto!

    por: 

    R$ 65,70preço +cultura

    em até 2x de R$ 32,85 sem juros no cartão de crédito
    ver mais opções

    Sinopse

    Em Eu fui Vermeer, Frank Wynne narra a história do holandês Han van Meegeren, um dos maiores falsários de todos os tempos, especialista em criar quadros que reproduziam em detalhes o estilo e a técnica do pintor Johannes Vermeer. VIvendo no turbilhão da Segunda Guerra Mundial e da revolução da Arte Moderna, Van Meegeren faturou mais de 50 milhões de dólares com seus quadros falsos, vendidos aos maiores museus da Europa e amplamente aclamados pela mídia. MAis que isso, teve a satisfação de fornecer quadros falsos aos nazistas, arrancando uma verdadeira fortuna do Terceiro Reich. Seus quadros eram tão próximos dos autênticos que certamente figurariam hoje no catálogo de Vermeer, caso o falsário não tivesse confessado. E VAn Meegeren teria permanecido em silêncio não fosse uma trágica ironia do destino: tamanho foi seu enriquecimento durante a guerra que logo após o fim do conflito, ele acabou preso como colaborador dos nazistas. A Única defesa possível era admitir que todos aqueles quadros, de fato, eram de sua autoria, confissão em que o público se recusou a acreditar. O Único recurso da corte foi exigir que Van Meegeren, então, pintasse seu último Vermeer diante de um júri. Eu fui Vermeer, narrado em ritmo que nada deixa a dever aos grandes thrillers, captura não só a vida desse artista fenomenal - embora necessariamente não reconhecido -, mas também todo o ambiente e o trabalho dos especialistas que identificam quadros falsos e perseguem seus criadores. É A partir desse panorama que o autor põe em questão o próprio significado da arte. "Wynne narra a história com brilho, criando uma obra de valor genuíno." - Sunday Times "A vida verdadeiramente sensacional de um falso gênio." - Daily Mail "Se o ápice da arte ocidental é Da Vinci, seu equivalente no panteão dos falsificadores é Van Meegeren. ESsa é a história fascinante narrada por Frank Wynne." Telegraph

    Detalhes do Produto

      • País de Produção: Brazil
      • Código de Barras:  9788535912807
      • ISBN:  8535912800
      • Encadernação:  BROCHURA
      • Altura: 21.00 cm
      • Largura: 14.00 cm
      • Comprimento: 1.80 cm
      • Peso: 0.38 kg
      • Quantidade de Itens do Complemento:  0
      • Nº de Páginas:  304

    Avaliação dos Consumidores

    ROLAR PARA O TOPO