Aguarde...
 

PALAVRAS, BYTES, LINGUAGENS

OS CAMINHOS DO JORNALISMO


Produto Indisponível

Veja mais títulos de Jornalismo

Sinopse

O jornal, enquanto criação textual, participa da produção e atribuição de sentidos culturais, e não pode ser analisado somente como meio de circulação e de aferição dos efeitos culturais produzidos na sociedade. É na articulação desses significados que a escritura jornalística surge como uma linguagem particular. Essa linguagem, como tal, é criação de sentido; difere da linguagem literária, não se opondo a ela nas bases que as articulam e formam. Este livro trata da questão da informação no seu cotejo com a literatura. Tanto literatura quanto jornalismo se fundem na raiz técnico-cultural das escritas que antecederam o nascimento do jornal. Evidentemente que todo texto escrito é da ordem da comunicação; o que difere essas escrituras híbridas, informativas e literárias é a natureza da narrativa, o aspecto intencional de divulgação do acontecimento e o tipo de técnica do relato de natureza a confirmar o sentido comunicacional pretendido. O desenvolvimento deste livro exigiu um olhar multifário sobre os objetos comunicacionais, que respondesse à questão da dicotomia entre a prática jornalística e os estudos teóricos sobre ela. Dentro desta perspectiva fica claro que os conhecimentos desenvolvidos pelas ciências humanas sobre a sociedade são eles mesmos fenômenos comunicativos, existem pelo ato. Sumário - Do Oral ao Manuscrito - a Necessidade Social da Informação; Do Impresso ao Literário - a Arte na Arte de Comunicar; Uma Questão de Comunicação - o Artefato Conceitual; Tecnologia e Cultura - o Prazer do Conhecimento; Referências bibliográficas.

Detalhes do Produto

    • Edição:  1
    • Ano:  2005
    • País de Produção: Brazil
    • Código de Barras:  9788573934007
    • ISBN:  857393400X
    • Encadernação:  BROCHURA
    • Complemento:  NENHUM
    • Nº de Páginas:  128

Avaliação dos Consumidores

ROLAR PARA O TOPO