Aguarde...

WAAAL

O DICIONÁRIO DA CORTE DE PAULO FRANCIS


Produto Indisponível

Veja mais títulos de Jornalismo

Sinopse

O MELHOR DOS DIÁRIOS DA CORTE -1977-1996Paulo Francis por Paulo Francis: "Minha cabeça é minha matéria-prima, fábrica e produto. FIco satisfeito que alguém me leia. É Um privilégio duplo. EScrevo o que quero e ainda sou pago para isso. COmo Flaubert, acredito que se pode avaliar um homem pelo número de inimigos que faz e a importância de seu trabalho pelo que provoca de oposição. ARma virumque cano, ou, como parafraseou Camões, 'As armas e os varões assinalados'... ENquanto der.""Dizem que ofendo as pessoas. É Um erro. TRato as pessoas como adultas. CRitico-as. É Tão incomum isso na nossa imprensa que as pessoas acham que é ofensa. CRítica não é raiva. É Crítica. ÀS vezes é estúpida. O Leitor que julgue. ACho que quem ofende os outros e os leitores é o jornalismo em cima do muro, que não quer contestar coisa alguma. MEu tom às vezes é sarcástico. POde ser desagradável. MAs é, insisto, uma forma de respeito, ou, até, se quiserem, a irritação do amante rejeitado."

Detalhes do Produto

    • Ano:  1996
    • País de Produção: Brazil
    • Código de Barras:  9788571645714
    • ISBN:  857164571X
    • Encadernação:  BROCHURA
    • Altura: 21.00 cm
    • Largura: 14.00 cm
    • Comprimento: 1.50 cm
    • Peso: 0.35 kg
    • Quantidade de Itens do Complemento:  0
    • Nº de Páginas:  296

Avaliação dos Consumidores

ROLAR PARA O TOPO