Aguarde...
 

CRIMINOLOGIA E NATUREZA HUMANA


Produto Indisponível

Veja mais títulos de Penal

Sinopse

A história dos pensamentos Criminológicos de cunho etiológico demonstra a oscilação entre buscar as causas de crimies em fatores biológicos do indivíduo e buscar nas variáveis sociais aquilo que leva um sujeito a delinquir. Percebe-se a existência destes dois eixos centrais, que se acreditam mutuamente excludentes. Por um lado se vê o positivismo como pertencente a uma vertente criminológica que busca em características físicas do indivíduo a sua marca criminosa. De outro lado se vê o discurso sociológico que ampara-se, quando muito, na psicologia behaviorista, sustentando que apenas variáveis sociais e culturais podem conduzir alguém à prática de um delito. Com o avanço científico, desenvolveram-se disciplinas como as neurociências, a genética comportamental e a psicologia evolucionista, que buscam estudar o homem como um ser ao mesmo tempo biológico e social, esferas estas que se influenciam mutuamente. A presente obra, portanto, visa mostrar ao público a contribuição e o potencial explicativo que a psicologia evolucionista pode oferecer para a compreensão deste fenômeno. Baseado em conceitos como adaptação, mecanismos mentais e outros, e partindo do pressuposto da normalidade do criminoso e da capacidade de todos para delinquir, a psicologia evolucionista pode contribuir para o estudo da criminalidade, sem prejuízo das demais teorias já desenvolvidas anteriormente, tanto no âmbito das ciências da natureza quanto no das ciências humanas.

Detalhes do Produto

    • Ano:  2011
    • País de Produção: Brazil
    • Código de Barras:  9788560520817
    • ISBN:  8560520813
    • Encadernação:  BROCHURA
    • Complemento:  NENHUM
    • Nº de Páginas:  278

Avaliação dos Consumidores

ROLAR PARA O TOPO