Aguarde...
 

EPIDEMIOLOGIA E CLINICA DA COINFECÇAO TRYPANOSOMA


Produto Indisponível

Veja mais títulos de Filosofia

Sinopse

Este livro traz as peças essenciais de um de¬bate que envolveu Rousseau e os filósofos na segunda metade do século XVIII- a função social dos espetáculos e do teatro em particular. A disputa teve início em 1757, quando o filó¬sofo e matemático D’Alembert publica na Enci¬clopédia o verbete Genebra, lembrando a impor¬tância do teatro, e sugere a revogação das leis que proibiam sua instalação naquela cidade. Opondo-se ao etnocentrismo dos enciclope¬distas, Rousseau lança, no ano de 1758, a Carta a D’Alembert sobre os espetáculos. Na Carta, o ci¬dadão de Genebra sustenta que o espetáculo teatral não é bom em si mesmo. Rousseau insis¬te na especificidade da tradição cultural de Ge¬nebra e exalta as festas cívicas da cidade. Em 1759, aparece a tréplica de D’Alembert, uma reafirmação dos postulados iluministas, que também está presente nesta edição.

Detalhes do Produto

    • Origem:  NACIONAL
    • Editora: UNICAMP -
    • Edição:  2
    • Ano:  2015
    • Assunto: Filosofia
    • Idioma: PORTUGUÊS
    • País de Produção: Brazil
    • Código de Barras:  9788526812796
    • ISBN:  8526812793
    • Encadernação:  BROCHURA
    • Altura: 21.00 cm
    • Largura: 14.00 cm
    • Comprimento: 1.80 cm
    • Peso: 0.26 kg
    • Complemento:  NENHUM
    • Nº de Páginas:  224

Avaliação dos Consumidores

ROLAR PARA O TOPO