Aguarde...
 

CORPORATIVISMO, FASCISMOS, ESTADO NOVO


    R$ 127,00

    em até 4x de R$ 31,75 sem juros no cartão, ver mais opções
    Produto sob encomenda
    Previsão: 3 Semanas + Frete

     
    Frete grátis para compras acima de:
    Sul e Sudeste : R$ 99,00
    *Exceto se o pedido conter itens didáticos.
    Confira o regulamento

    Calcule prazo de entrega e frete:

     - 

    Sinopse

    A ideia de promover um debate académico sobre o tema do corporativismo assentou num propósito claro e ousado- reinscrever na historiografia portuguesa o estudo do sistema corporativo instituído pelo Estado Novo, tomando-o enquanto doutrina e como realidade política e institucional concreta. Retomando o fôlego de uma historiografia crítica sobre o Estado Novo, que nos anos 80 e 90 do século passado permitiu construir grandes linhas de interpretação sobre o tempo do salazarismo, será possível compreender os contextos políticos que moldaram o funcionamento das instituições corporativistas e reinterpretar as suas funcionalidades políticas e de reprodução social. Muitos desses organismos revelaram-se pouco corporativos e próprios de um capitalismo de organização . Modelo que, nas circunstâncias portuguesas de crise do Estado liberal, fez do corporativismo o seu principal instrumento de recomposição das classes dominantes e de reconstrução do Estado. Fernando Rosas e Álvaro Garrido. Consulte esta obra por dentro Open publication - Free publishing - More almedina

    Detalhes do Produto

      • Ano:  2012
      • País de Produção: Portugal
      • Código de Barras:  9789724047515
      • ISBN:  9724047512
      • Encadernação:  BROCHURA
      • Altura: 23.00 cm
      • Largura: 16.00 cm
      • Peso: 0.51 kg
      • Complemento:  NENHUM
      • Nº de Páginas:  322

    Avaliação dos Consumidores

    ROLAR PARA O TOPO