Aguarde...
 

O OVO DA SERPENTE

CAMPINAS 1889


Produto Indisponível

Veja mais títulos de História do Brasil

Sinopse

Para dar vida à metáfora do "ovo da serpente" Jorge Alves de Lima convida os leitores a caminharem com ele, dia a dia, pelas ruas de Campinas, a verem e a sentirem, com emoção e tristeza, a tragédia que eclodiu quando a casca se rompeu, deixando escapar aquele embrião que se fortificou para a desenfreada investida, sem que ninguém pudesse contê-la, pois a situação se agravava. Com estilo próprio e fiel aos fatos, o historiador trilhou um caminho nas fontes dos inestimáveis acervos que alertavam, ainda de forma tímida, a possível presença de um mal, que, em poucos dias, se fortaleceu como um inimigo incontrolável, como uma serpente traiçoeira a destilar seu mortífero veneno, a contaminar a população sem poupar-lhes atrozes sofrimentos. E a cada página, a cada dia, as revelações dos fatos investigados demonstravam as repercussões do "ovo da serpente", o avanço tenso da epidemia a ceifar vidas, com riqueza de detalhes e fidelidade de cada momento vivenciado pela sociedade, pela população contaminada, pelos médicos, pela imprensa, pelos voluntários, pelas iniciativas filantrópicas.... O leitor, a cada parágrafo, visualiza o êxodo da cidade elitista, que se tonava a cada dia mais deserta, pois as pessoas abastadas fechavam suas casas para refugiarem-se em fazendas ou em casas de parentes, o comércio lacrava as portas, os trens distribuíam passagens gratuitas, muitos médicos evadiram-se, enfim, toda essa movimentação está fielmente descrita por Jorge Alves de Lima, com perfeição de minúcia, em sua incessante garimpagem nos jornais da época e atas municipais.

Detalhes do Produto

    • País de Produção: Brazil
    • Código de Barras:  9788593045073
    • ISBN:  8593045073
    • Encadernação:  BROCHURA
    • Altura: 23.00 cm
    • Largura: 16.00 cm
    • Comprimento: 2.00 cm
    • Peso: 0.55 kg
    • Complemento:  NENHUM
    • Nº de Páginas:  360

Avaliação dos Consumidores

ROLAR PARA O TOPO