Aguarde...
 

UMA SOLIDÃO RUIDOSA


Produto Indisponível

Veja mais títulos de Romances

Sinopse

Uma solidão ruidosa foi publicado pelo tcheco Bohumil Hrabal em plena vigência da repressiva União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, da qual fazia parte a antiga Tchecoslováquia. A História, vazada em uma espécie de prosa onírica, põe em cena um estranho personagem-narrador, chamado Hant'a, um homem de mente simples, mas que se põe a meditar com muito lirismo, melancolia e humor sobre os 35 anos que passou operando uma prensa hidráulica instalada em um sombrio porão no centro de Praga. Em meio a doses maciças de cerveja, Hant'a tem que compactar todo tipo de papel descartado, inclusive livros clássicos proscritos pelos poderes constituídos. AContece que alguns desses livros são salvos da destruição e devorados pela mente perturbada de Hant'a, que, a certa altura, já não sabe mais dizer que ideias são suas e quais foram importadas dos livros que ele deveria destruir. Quando chega a hora de Hant'a ser substituído por trabalhadores mais jovens que irão operar uma máquina muito mais poderosa e produtiva, o velho operário se vê às voltas com um pesadelo recorrente envolvendo uma prensa gigantesca que irá destruir toda a cidade de Praga, com suas tradições e sua cultura milenar, e a ele mesmo. "Hrabal é um romancista sofisticado, de um humor turbulento e um detalhismo sutil e delicado." - Julian Barnes

Detalhes do Produto

    • País de Produção: Brazil
    • Código de Barras:  9788535916355
    • ISBN:  8535916350
    • Encadernação:  BROCHURA
    • Altura: 21.00 cm
    • Largura: 14.00 cm
    • Comprimento: 0.80 cm
    • Peso: 0.17 kg
    • Quantidade de Itens do Complemento:  0
    • Nº de Páginas:  112

Avaliação dos Consumidores

ROLAR PARA O TOPO