Aguarde...

A MEMÓRIA VEGETAL: E OUTROS ESCRITOS DE BIBLIOFILIA

E OUTROS ESCRITOS DE BIBLIOFILIA


Produto Indisponível

Veja mais títulos de Teoria e Critica Literária

Sinopse

LIVRO ALTAMENTE RECOMENDÁVEL - CATEGORIA TEÓRICO - FNLIJ 2011 “Como é belo um livro, que foi pensado para ser tomado nas mãos, até na cama, até num barco, até onde não existam tomadas elétricas, até onde e quando qualquer bateria se descarregou. SUporta marcadores e cantos dobrados, e pode ser derrubado no chão ou abandonado sobre peito ou joelhos quando caímos no sono”. ESsa declaração de amor é a síntese de A memória vegetal, de Umberto Eco — um dos mais importantes intelectuais da atualidade. COm sutileza, humor e habilidade, Eco reúne reflexões sobre o antigo e fascinante mundo dos livros, a bibliofilia, a memória e a alegria da leitura. NEste volume refinado e elegante, Eco traça um elogio às bibliotecas e aos livros, desde os papiros até os dias atuais, e desmistifica a noção de que é preciso muito dinheiro para ser um colecionador. LIsta, ainda, os inimigos dos livros, os agentes de uma morte prematura: brocas, cupins e o mais assustador, a ignorância do próprio homem. AFirma que IPads e Kindles são apenas uma evolução — as páginas podem não ser mais de papel, mas o livro permanecerá o que é. REvê algumas obras, conta histórias, redefine critérios de valor, leva-nos ao mundo mágico das letras impressas. DA memória orgânica, registrada e organizada pelo nosso cérebro, até o aparecimento da escrita, ele acompanha as mudanças na apreensão, e compreensão, do conhecimento. OS livros são os nossos anciãos, nossa memória vegetal. A Memória histórica escondida entre parágrafos é a nossa própria memória, nossa capacidade de refletir. UM seguro de vida, uma pequena antecipação da imortalidade. DIante do livro, procuramos, mais que decifrar, interpretar. É Através da memória vegetal do livro que podemos recordar não apenas nossas brincadeiras de infância, mas também as de Proust. PAixões, desejos, sofrimento, alegria, tudo pode nascer da leitura. A Leitura se torna um diálogo com alguém que não está diante de nós. UM diálogo que a qualquer momento evoca lembranças e conhecimento, emoções e experiências, de outra forma perdidos. É Isso que Eco, com a leveza de quem tem uma cultura sem fronteiras, resgata do esquecimento em A memória vegetal.

Detalhes do Produto

    • Ano:  2010
    • País de Produção: Brazil
    • Código de Barras:  9788501083326
    • ISBN:  8501083321
    • Encadernação:  BROCHURA
    • Altura: 21.00 cm
    • Largura: 14.00 cm
    • Comprimento: 1.50 cm
    • Peso: 0.33 kg
    • Quantidade de Itens do Complemento:  0
    • Nº de Páginas:  272

Avaliação dos Consumidores

ROLAR PARA O TOPO