Aguarde...
 

BELEZA IMORTAL DAS CATEDRAIS, A, V.2

AFONSO LOPES VIEIRA E A IMAGINAÇAO MEDIEVALISTA


Produto Indisponível

Veja mais títulos de Teoria e Critica Literária

Sinopse

Participando dos rumos plurais que se desenham na complexa cartografia literária finissecular e primonovecentista, o multímodo labor literário e cívico-cultural de Afonso Lopes Vieira resgata, em consonância com um enfático elogio da tradição, o passado nacional. Nessa arqueologia historicista dos velhos motivos, a restituição de uma Idade Média em clave pessoal ? mesmo se decalcada dos códigos estético-ideológicos de filiação simbolista-decadentista, saudosista, integralista ou neo-romântica ? assume incontestado destaque, firmando uma aliança cúmplice entre filologia e nacionalismo. Fazendo ressurgir as personae poéticas ou ficcionais do Trovador de Portugal, do Cavaleiro do Graal, do Amadis ao divino ou do Parsifal de Muel, o inabdicável desígnio de Lopes Vieira parece ter sido o de harmonizar as coisas eternas do passado com as coisas imperiosas do futuro ou, como acrescentaria o escandaloso esteta que confessadamente foi, ensinar a admirar, por entre as ansiedades do presente, a beleza imortal das catedrais.. In Editorial

Detalhes do Produto

    • Edição:  1
    • Ano:  2009
    • País de Produção: Portugal
    • Código de Barras:  9789722717977
    • ISBN:  9722717979
    • Encadernação:  BROCHURA
    • Comprimento: 3.00 cm
    • Complemento:  NENHUM
    • Nº de Páginas:  500

Avaliação dos Consumidores

ROLAR PARA O TOPO