Aguarde...
 

DIA DE SUBMARINO


Produto Indisponível

Veja mais títulos de Literatura

Sinopse

Num dia de chuva, Marinho recebe a notícia de que seu avô morreu. O menino, vendo a imagem de um submarino na tevê, imagina que ali está o avô, submergindo nas profundezas, e começa a lembrar daquele velho querido que o chamava de 'Italiano' - dos seus chinelos, sua unha comprida, a mesa enorme em que os dois ficavam horas conversando. Ali, o avô lhe ensinava sobre a vida, lhe contava da sua vinda ao Brasil saindo de Coimbra, de seu medo do mar. Marinho lembra de seu humor especial ao agradecer as meias vermelhas que sempre ganhava de presente de Natal; de seus cuidados com o canarinho; de seu amigo Freitas e suas conversas do tempo de boemia numa São Paulo antiga; de sua paixão pelo futebol. Só o avô podia lhe mostrar o que fazer com o dente que caiu e ao mesmo tempo fazê-lo refletir sobre a criação do mundo e sobre... fantasmas. Reclamava do prefeito, do crescimento desenfreado de São Paulo, bebia cerveja com o músico Adoniran. Marinho agora está triste. Acha que ninguém entende a sua perda. Em voz alta, conversa com o avô; põe o barquinho que ele lhe deu na banheira. O barquinho enche de água e afunda. Como um submarino. Mas a morte repentina ao avô leva o neto, num relato ora divertido ora emocionante, a relembrar os melhores momentos dessa doce convivência. Até que chega o dia do submarino...

Detalhes do Produto

    • Ano:  2003
    • País de Produção: Brazil
    • Código de Barras:  9788516036324
    • ISBN:  8516036324
    • Encadernação:  BROCHURA
    • Complemento:  NENHUM
    • Faixa etária:  de 13 até 14 anos
    • Nº de Páginas:  88

Avaliação dos Consumidores

ROLAR PARA O TOPO